Fronteira

ENTREVISTA COM A “LENDA DO CRIME” DE CEL.SAPUCAIA/MS

Entrevista com o homem que virou “lenda do crime” na fronteira é divulgada com exclusividade no A Gazetanews.

FOTO: Eberton Pavon Vaes, o “Tonzinho”. Depois de preso ele afirmou ter cometido assassinato, mas negou ser ladrão.
PUBLICIDADE:
BIG B

Preso na quarta-feira , dia 9 de março, em Naviraí, segundo a Polícia Civil, quando estava na companhia de outros indivíduos procurados pela Justiça, Eberton Pavon Vaes, o “Tonzinho”, 24 anos, confirmou assassinato, mas disse não ser ladrão.

Em entrevista em áudio e vídeo divulgada com exclusividade pelo A Gazetanews, o rapaz que se tornou uma “lenda do crime” na fronteira, fala sobre as acusações que pesam conta ele, fala da morte de membros de sua família, sobre troca de tiros com a polícia e sobre a fragilidade da segurança pública na cidade da fronteira com o Paraguai.
PUBLICIDADE:
NORTE

De acordo com o delegado titular de Polícia Civil em Amambai, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria, que atua no caso, Tonzinho, que tinha mandado de prisão no Brasil e no Paraguai, figura como suspeito em vários inquéritos policiais, onde é apontado como suposto autor de crimes como homicídio, tentativa de homicídio, furto, roubo e até tráfico de drogas.
PUBLICIDADE:
DETOX 226 X 250

De acordo com o delegado, depois de ouvido na Delegacia de Amambai, após ser transferido de Naviraí, por medida de segurança, Eberton Pavon, que também estaria sendo procurado por criminosos, foi transferido para um presídio de segurança máxima longe da região de fronteira.

Veja entrevista com Eberton Pavon, o “Tonzinho”:

PUBLICIDADE:
ORO BLANCO

Comentarios

Más popular

Arriba