Otros

Empresários e associações de três países fazem cerco à pirataria

Eles se reúnem em Foz do Iguaçu em abril para debater e pressionar o governo do presidente Horácio Cartes, do Paraguai, a contribuir para acabar com o contrabando de produtos, armas e drogas que vem de seu país e invade os países vizinhos.

Empresários e associações de classe do Brasil, Argentina e Chile preparam um cerco político contra a pirataria e contrabando. Eles se reúnem em Foz do Iguaçu em abril para debater e pressionar o governo do presidente Horácio Cartes, do Paraguai, a contribuir para acabar com o contrabando de produtos, armas e drogas que vem de seu país e invade os países vizinhos.

Armas, drogas e 48% dos cigarros vendidos no Brasil são oriundos do outro lado da Ponte da Amizade.

Recado

Associações de varejo, juízes e ONGs vão participar. A mensagem para Cartes é que não adianta atrair empresas e enviar cigarros contrabandeados da sua fabricante para cá.

odia.ig.com

Comentarios

Más popular

Arriba