Brasil

Empresário é preso por receptação com celular furtado de loja especializada

Um empresário de 33 anos foi preso por receptação, em Bataguassu, cidade localizada na divisa com o estado de São Paulo, tentando vender um celular furtado de sua loja especializada em aparelhos eletrônicos. Quando abordado por policiais civis, o empresário passou informações cruzadas sobre a origem do objeto.

Após denúncia, a equipe foi até o estabelecimento de Leonardo Oliveira Ferraro, mas conhecido como Leo, para verificar a venda de um celular furtado. O objeto estava em uma gaveta de uma mesa nos fundos da loja.

Em continuidade às diligências, os investigadores obtiveram êxito em localizar a mulher que havia vendido o celular ao empresário. Segundo O Midiamax, a mulher disse que encontrou o celular no banco de uma praça e vendeu o aparelho por R$ 150, porque o mesmo estava bloqueado com senha. Um aparelho da mesma marca e modelo, chega a custar o valor de R$ 1,5 mil no mercado.

Os policiais verificaram que número de série do aparelho celular conferia com o número informado pela vítima em boletim de ocorrência registrado em fevereiro deste ano. Diante situação, foi dada voz de prisão ao empresário e ele foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada na atividade comercial ou empresarial e permanece preso à disposição da Justiça.

Comentarios

Más popular

Arriba