Otros

Empresa que teve carro forte atacado evita dar detalhes sobre o assunto

Empresa que teve carro forte atacado evita dar detalhes sobre o assunto

A empresa de transporte de valores Brinks a qual pertencia o carro forte que foi atacado com dinamite por criminosos na manhã desta terça-feira (06) se posicionou sobre o fato nesta tarde por meio de nota enviada ao Dourados News.

A instituição citou apenas que “está empenhada em apurar o ocorrido e colaborando com as autoridades no andamento das investigações”.

O ataque aconteceu na rodovia MS-156, próximo a ponte do rio Amambai.

O grupo teria utilizado dinamite e estava armado com fuzis. O carro-forte ficou completamente destruído. Ainda não há informações sobre vítimas.

Em contato com a assessoria de imprensa da empresa, o Dourados News questionou sobre os funcionários envolvidos no fato, valores transportados e sobre o sistema de atuação da empresa na região de fronteira, no entanto, a resposta foi limitada a citação acima sobre empenho na apuração e contribuição às investigações.

Conforme dados do site da instituição, o serviço da Brinks acontece em 2 mil municípios do país e a equipe conta com cerca de 8 mil profissionais.

Comentarios

Más popular

Arriba