Otros

Empregados no comércio de MS querem 15% de reajuste salarial

Trabalhadores no comércio e serviços de Mato Grosso do Sul querem 15% de reajuste salarial para vigorar a partir de 1º de novembro, data base da categoria. O pedido já foi encaminhado à classe patronal (Fecomércio), pela Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Mato Grosso do Sul – Fetracom/MS.

“Esse percentual é justo, pois cobre as perdas para a inflação acumulada no período, em torno de 10% e dá um ganho real de 5% aos empregados”, justifica Pedro Lima, presidente da federação laboral que representa os trabalhadores em do comércio varejista, supermercadistas e outros, em mais de 60% dos municípios do Estado.

Nas cidades onde existem sindicatos dos comerciários, como Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Paranaíba, Aquidauana, Maracaju, Naviraí, Ponta Porã e Nova Andradina, a negociação com a classe patronal é feita pelo próprio sindicato. Nas demais cidades, pela Fetracom, explica Pedro Lima que preside também o Sindicato dos Empregados no Comércio de Dourados – Secod.

A Fetracom espera que os empresários aprovem esse percentual de reposição das perdas e de ganho real aos trabalhadores. “Seria uma forma de se fazer justiça para com os empregados, que são os maiores responsáveis pelos lucros das empresas. 5% de ganho real é possível e é justo”, afirma.

Apesar de reconhecer as dificuldades econômicas que o país atravessa, Pedro Lima afirma que a reposição das perdas para a inflação mais o ganho real aos trabalhadores, não vai pesar no orçamento do comércio porque as vendas têm registrado alta. Além disso, segundo ele, “qualquer investimento no salário do trabalhador no comércio, acaba retornando ao próprio comércio em forma de consumo de produtos variados. Ou seja, todos ganham”, afirma.

Alguns sindicatos de comerciários abrangem outros municípios vizinhos, como o de Naviraí, que atende também as cidades de Ivinhema, Itaquirai, Iguatemi, Eldorado e Mundo Novo.

O SEC Aquidauana, atende os municípios de Miranda, Anastácio, Bodoquena, Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Nioaque e Bela Vista. O de Nova Andradina, as cidades de Bataiporã e Anaurilândia.

A Fetracom conta também com delegacias nas cidades de São Gabriel do Oeste, Coxim, Sonora, Chapadão do Sul, Costa Rica, Cassilândia, Rio Brilhante, Fátima do Sul, Aparecida do Taboado e Caarapó. Além das homologações, essas unidades da federação dão orientações trabalhistas e recebem denúncias e reclamações de comerciários, para que a Fetracom tome as devidas providências com sua Assessoria Jurídica.Folha de Dourados

Comentarios

Más popular

Arriba