Otros

Dupla paranaense é presa com maconha em Coronel Sapucaia

Indivíduos moradores em Querência do Norte, teriam dito aos policiais que receberiam R$ 3 mil para trazer a droga até Amambai.
Ampliar Foto
Clique na Imagem para ampliá-la
A dupla paranaense pesa por tráfico em Coronel Sapucaia, Fernando dos Santos e Fernando Henrique e o veículo onde a maconha era transportada. (Fotos: Assessoria)
Vilson Nascimento

A Polícia Militar prendeu na tarde dessa quarta-feira, 30 de setembro, em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai, dois paranaenses transportando 92,8 quilos de maconha no bagageiro de um veículo.

Fernando Henrique Santos, de 24 anos e Fernando Ferreira dos Santos, de 23 anos, ambos moradores em Querência do Norte, estado do Paraná, foram abordados na região da Vila Industrial quando trafegavam abordo de um veículo Gol, cor cinza, placas AFK 0163 de Apucarana-PR.

De acordo com a PM, ao ver que seria abordado, o condutor do Gol realizou uma manobra brusca e tentou fugir, mas acabou sendo interceptado pela guarnição.

De acordo com a Polícia Militar, em vistoria no veículo após a abordagem os policiais encontraram no bagageiro do Gol, quatro fardos de náilon, juntos contendo 68 tabletes de maconha, que depois de pesados totalizaram os 92,8 quilos do entorpecente.

Segundo a Polícia Militar, ao receber voz de prisão, a dupla teria relatado que havia pegado o entorpecente de um indivíduo de apelido “Índio”, em Coronel Sapucaia e receberia R$ 3 mil reais, R$ 1.500 reais cada, para trazer a maconha até a cidade de Amambai.

De acordo com a PM, Fernando Ferreira dos Santos, que era o condutor do carro, teria afirmado que receberia mais R$ 4 mil reais de Índio referentes ao pagamento pelo Gol, já que iria deixar o carro com a droga em Amambai.

Encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia a dupla foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, crime que em caso de condenação acarreta em uma pena que varia de 5 a 15 anos de prisão, posteriormente foi encaminhada para o Presidio de Amambai, sede da comarca, onde permanece presa a disposição da Justiça.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba