Brasil

Doenças de pele podem ser reflexo do alto nível de estresse

Estresse pode se refletir em problemas cutâneos porque provoca alterações hormonais e libera substâncias na corrente sanguínea responsáveis por provocar queda na imunidade e deixar o organismo mais vulnerável a infecções e outros problemas Foto: Shutterstock
fotoabremitoseverdadesdoencaspeleestresse
Trânsito, trabalho e as demais responsabilidades do dia a dia fazem com que muita gente tenha o nível de estresse pra lá de elevado. Esse desequilíbrio nada mais é do que o esforço que o organismo realiza para adaptar-se às condições que contrariam sua natureza e seu equilíbrio, provocando, inclusive, mal-estar físico e emocional que pode ser refletido na pele em alguns casos. Por isso, confira, a seguir, os principais mitos e verdades que cercam a influência da alteração comportamental no espelho e as maneiras de driblá-la em prol da saúde e da beleza.

O estresse pode causar doenças de pele.
Verdade. O desequílibrio emocional provocado pela correria do dia a dia pode ser refletido na pele por meio do surgimento de doenças cutâneas. Isso porque a tensão provoca alterações hormonais e libera substâncias na corrente sanguínea responsáveis por provocar queda na imunidade e deixar o organismo mais vulnerável a infecções e outros problemas.

“Dessa forma, o estresse pode piorar o quadro de psoríase e rosácea, deixar as unhas quebradiças, provocar alergias e quedas de cabelo e fazer com que a transpiração fique excessiva”, informa Carolina Marçon, médica dermatologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Comentarios

Más popular

Arriba