Otros

Distrito Federal registra morte por febre amarela; total no país chega a nove

Distrito Federal registra morte por febre amarela; total no país chega a nove

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirmou hoje (19) a morte de um homem de 40 anos por febre amarela. Esta é a primeira morte causada pela doença na capital do país desde 2009.

Com este caso, já foram confirmadas nove mortes por febre amarela este ano no Brasil. Os outros oito óbitos foram em Minas Gerais.

A vítima morava na cidade de Januária, em Minas, estado onde já foram registrados 206 casos suspeitos da doença, além das oito mortes confirmadas. Ele chegou ao DF na última segunda-feira (16) já com os sintomas de febre amarela e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Sebastião, cidade há cerca de 20 quilômetros do centro de Brasília. Em seguida, foi transferido para a UTI de um hospital particular, onde morreu ontem.

O Distrito Federal está na área em que há recomendação para vacina contra febre amarela. Segundo o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, a região está bem abastecida do imunizante, tem alta taxa de cobertura vacinal e não registrou casos da doença nos últimos dois anos.

Em 2017 já foram notificados 206 casos suspeitos de febre amarela em 29 cidades de Minas Gerais, entre eles, 45 mortes que ainda precisam de confirmação para o vírus. Municípios do Espírito Santo próximos a Minas Gerais também registraram suspeitas: seis notificações em quatro cidades.

Comentarios

Más popular

Arriba