Brasil

PONTA PORÁ:EX VEREADOR PRESO POR TRAFICO E JOGADO NO AVIÃO E LEVADO PRO PRESIDIO EM SP.

DIG prende ex-vereador suspeito de integrar quadrilha de tráfico de drogas
João Alberto Langer foi transportado de Ponta Porã (MS) para Araraquara.
É a sexta prisão realizada desde maio pela DIG, que concluiu o inquérito.
Do G1 São Carlos e Araraquara

Ex-vereador preso Araraquara (Foto: Marcos Leandro/ Tribuna Impressa)
Ex-vereador foi transferido na tarde desta quarta-feira
(Foto: Marcos Leandro/ Tribuna Impressa)
A Polícia Civil transportou, nesta quarta-feira (16), de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, para Araraquara (SP), o ex-vereador e empresário João Alberto Langer, de 45 anos. Ele foi preso no último dia 11 pela Polícia Federal suspeito de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas que vem sendo desarticulada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara. Desde maio, é a sexta prisão efetuada. O G1 não conseguiu contato com o advogado de Langer.
De acordo com o delegado Fernando Bravo, o ex-vereador de Ponta Porã, conhecido como Joãozinho Langer, foi levado para a Penitenciária de Araraquara. O inquérito que investiga a quadrilha já foi concluído e, assim como o vereador de Bocaina (SP), Fabiano Romão, preso no último dia 7, Langer responderá pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa.
“Nossas investigações apontaram que ele (Langer) era a pessoa que forcecia a droga para o vereador (Romão), que então distribuía para a região”, destacou Bravo. O suspeito já havia sido preso uma vez, em 2012, quando foi surpreendido com pelo menos 50 quilos de pasta base de cocaína em um veículo na cidade de Taquaritinga (SP).
Mentor
Langer aguardará julgamento na Penitenciária, onde o vereador Fabiano Romão está preso. Policiais o prenderam Romão em casa, em Bocaina, no bairro Xerxes Barbelotti. “Nosso trabalho mostrou que o vereador é um dos mentores da quadrilha. A droga era trazida a mando dele, que provavelmente iria comercializá-la depois”, informou o delegado
Vereador preso Bocaina Araraquara (Foto: Deivide Leme/Tribuna Impressa)
Vereador de Bocaina também foi preso neste mês
(Foto: Deivide Leme/Tribuna Impressa)
Em 20 de maio, o representante do Legislativo já havia sido preso em casa junto com outras quatro pessoas em uma operação da DIG. Na ocasião, ele tentou fugir, mas foi capturado pela Polícia Civil.
Um dos suspeitos foi surpreendido em um motel na Rodovia Washington Luís (SP-310), em Pindorama (SP). Segundo a polícia, ele seria o responsável pela entrega das drogas, que eram trazidas de Ponta Porã, no Paraná.
Com ele, foram apreendidos 15 quilos de cocaína e crack que estavam escondidos no assoalho falso de um carro. Dias depois, entretanto, Romão foi solto por meio de uma decisão judicial. Em 2013, ele também foi preso em uma ação da Polícia Federal.
O G1 não consegui contato com o advogado de Romão. Já o departamento jurídico da Câmara Municipal de Bocaina informou que esperava ser notificado pela Justiça para decidir o futuro do vereador.

Comentarios

Más popular

Arriba