Otros

Depois de escapar de flagrante por embriaguez ao volante, Loubet será chamado para depor

Depois de escapar de flagrante por embriaguez ao volante, Loubet será chamado para depor
Delegado diz que flagrante não aconteceu por falta de contingente

O cantor Emerson Carlos Loubet autuado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) por embriaguez ao volante depois se se envolver em um acidente na BR-060 em Sidrolândia, distante 70 quilômetros de Campo Grande, não foi indiciado em flagrante, mas será chamado para depor.

Questionado sobre o motivo pelo qual não foi feito o flagrante do cantor, o delegado Carlos Eduardo Trevelin Millan, titular da Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia, explica que apesar de constatada embriaguez ao volante, Loubet não foi levado para a delegacia por falta de contingente.

“Não tínhamos como fazer escolta. Nosso efetivo estava mobilizado no flagrante de tráfico de entorpecentes e não tivemos como encaminhá-lo para a delegacia. Como ele também não se apresentou depois de ter sido liberado do hospital, vamos instaurar o inquérito, juntar informação da PRF, pedir o prontuário de atendimento médico, chamá-lo para depor e encaminhar relatório para a esfera judicial”, justifica.

Sem flagrante, o cantor deve aguardar decisão da justiça a respeito do caso. “O que é certo até agora é a embriaguez na direção. Ele vai responder por ação penal nesse sentido, mas a penalidade é a sentença judicial. O juiz é quem vai decidir e a depender da situação de tipo de crime, no final, pode ser apenado por multa, cassação da CNH [Carteira Nacional de Habilitação], prisão em cárcere privado, isso será analisado”, frisa.

O delegado afirma que identificou uma testemunha do acidente que deve depor antes do cantor. “Vamos chamar primeiro esse motorista que presenciou o fato para depois chamar o cantor porque primeiro precisamos saber se há algo além do flagrante, tentativa de homicídio na manobra, por exemplo, para contestar com o depoimento dele depois”.

As oitivas devem ocorrer no máximo até a próxima semana e até lá o cantor não será indiciado. “O indiciamento é no momento do interrogatório. Vamos intimar para comparecer, apresentar a versão dele e nesse momento a gente faz o ato de indiciamento. A ideia é levantar o máximo de elementos para contestar com a versão que ele apresentar”, ressalta.

Acidente –

O cantor se envolveu em um acidente por volta das 6h30 dessa segunda-feira (27). A PRF atendeu a ocorrência e constatou que Loubet estava embriagado.

Conforme a assessoria de comunicação da PRF, nesse tipo de situação, geralmente, o condutor é detido, no entanto, a decisão de permitir que o cantor fosse levado ao hospital teria sido do delegado, que nesta terça-feira (28) explicou que não havia contingente na delegacia.

Comentarios

Más popular

Arriba