Brasil

CONTRA O ROUBO DE CARGAS, SCANIA DESENVOLVE CAMINHÕES BLINDADOS

Fabricante entrega seus primeiros oito caminhões blindados no país para empresa de transporte de cargas especiais
O Brasil registrou em 2014 nada menos que 17,5 mil roubos de cargas (um aumento de 42% sobre 2013), representando uma perda de R$ 1 bilhão. Os reflexos desse surto de violência não demoraram a aparecer no país que é o líder mundial no mercado de carros blindados. A Scania recentemente anunciou a venda de seus primeiros oito caminhões blindados para a empresa de segurança privada Prosegur.

Os dois tipos de veículos (cavalos mecânicos 4×2 e semipesados 6×2) possuem cabines blindadas e eixos e suspensões redimensionados para suportar o peso extra. Eles são capazes de transportar cargas de até 7.100 kg, e possuem suspensão pneumática com quatro ajustes de altura diferentes, para facilitar o embarque e desembarque.

Os caminhões também possuem GPS, sistema de videomonitoramento, botão de pânico, fechadura randômica (cuja abertura é feita mediante um código que precisa ser transmitido pela central no momento da abertura), sensores de portas e sirenes. Em veículos desse tipo, há ainda a opção de reforçar a estrurura dos baús, para dificultar o arrombamento de sua estrutura.
As cargas mais visadas pelos ladrões – e para as quais os caminhões blindados devem concentrar seus serviços – são de alto valor, como eletroeletrônicos, computadores, jóias, barras de ouro, papel-moeda e até medicamentos.

Comentarios

Más popular

Arriba