Otros

Confira as melhores dicas de como acabar com as espinhas

Confira as melhores dicas de como acabar com as espinhas

Aprender como acabar com as espinhas pode melhorar a sua autoestima e qualidade de vida. Quem enfrenta as lesões desde a adolescência ou desenvolveu as marcas após a vida adulta, sabe que elas pedem cuidados constantes e específicos.

A acne é um problema dermatológico que deve ser combatido com medicamentos e muita paciência. Mas antes de se automedicar e colocar em prática algumas sugestões vistas na internet, você deve entrar em contato com um especialista.

Esse passo é importante, já que uma espinha não pede o mesmo tratamento que um quadro severo de acne – e nem sempre fácil diferenciar. Quem explica é o dermatologista Jardis Volpe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). “Se retirarmos em demasia a oleosidade, a acne acaba voltando pior”, explica o profissional.

Aprenda como acabar com as espinhas

Volpe recomenda que as espinhas isoladas sejam amenizadas com a ação do gelo, que é anti-inflamatório e faz desinchar. O próxima passo é aplicar uma camada de creme enriquecido com ácido salícilico ou peróxido de benzoíla. Eles controlam a produção da oleosidade e diminuem o aspecto avermelhado das marcas.

Apesar de muito utilizado como um método caseiro para a melhora das lesões, o colírio para olhos vermelhos não deve ser a sua escolha. “Não costumo recomendar porque esses agentes causam um efeito rebote grande e a vermelhidão pode voltar mais forte”, adverte o médico.

A esfoliação é o método que pode ser escolhido um dia após o tratamento da lesão. Volpe indica esfoliantes com sementes de damasco, que são uniformes e não agridem a pele sensível. O tônico adstringente com substâncias secativas e bactericidas podem ajudar na prevenção de inflamações.

Produtos como cremes cicatrizantes e géis secativos com ácido salicílico ou peróxido de benzoíla podem ser aplicados na face antes de dormir. Esses cuidados devem ser repetidos até que a lesão esteja completamente curada. Casos mais graves pedem o acompanhamento dermatológico e a análise constante.

Receita caseira eficiente

Quer uma receita prática e de fácil acesso? Volpe indica um medicamento já conhecido por sua ação anti-inflamatória. O ácido acetilsalicílico estimula a cicatrização e combate o desenvolvimento de infecções.

Para preparar a sua misturinha caseira, dissolva um comprimido com um pouco de água e aplique sobre a lesão. Deixe agir por uma noite de sono e higienize a face pela manhã. Também vale tomar alguns cuidados básicos no dia a dia, até mesmo para a prevenção do problema.

Peles oleosas e propensas ao desenvolvimento de acne devem ser higienizadas com sabonetes com ácidos glicólico ou salicílico. Tônicos adstringentes e cremes oil free também são ideais para os cuidados diários.

Lasers anti-inflamatórios também podem ser recomendados para reduzir as lesões e controlar o desenvolvimento da oleosidade. “Quando há pontos amarelados que precisam ser drenados, usamos terapias para uma higienização profunda da pele com vácuo e luz ultravioleta, além de drenar espinhas com pus”, detalha o especialista.

Vale lembrar que as espinhas não devem ser manipuladas com os dedos. Essa atitude pode comprometer o desenvolvimento saudável da pele e causar o aparecimento de inflamações e marcas permanentes.

Comentarios

Más popular

Arriba