Otros

Condutores que avisarem sobre blitz com luz alta serão multados

Avisar sobre barreira é crime, segundo o CTB

Quem utilizar a luz alta do veículo para sinalizar a presença de fiscalização policial nas rodovias de Mato Grosso do Sul pode ser multado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Segundo a Polícia, uma ‘simples’ troca de luz intermitente entre veículos com o fim de avisar o condutor sobre a barreira policial já basta para aplicação de multa. Neste feriado, a PRF deflagrou a Operação Finados e já registrou 1,7 multas por excesso de velocidade, 16 acidentes e uma morte.

De acordo com a PRF, quem for flagrado avisando os outros motoristas será abordado por um equipe de fiscalização, que autuará o condutor, de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

A Polícia afirma que tal conduta é ‘grave’, uma vez que impede que criminosos sejam presos e dão liberdade para o excesso de velocidade e ultrapassagens perigosas, hoje causa principal de acidentes com mortes nas rodovias.

Segundo o CTB, em seu artigo 251, é crime espalhar avisos sobre blitz para os demais motoristas. Prevê infração média e aplicação de multa.

A Operação Finados começou a zero hora de sexta-feira (30) e vai até a zero hora da terça-feira (3). Até o momento, foram 16 acidentes, dos quais oito não tiveram vítimas, sete com feridos e um morte. Ainda segundo a PRF, 3.184 veículos foram abordados e fiscalizados e 3,9 pessoas foram fiscalizadas. Foram realizados 1 mil testes de bafômetro e 10 pessoas foram presas por dirigir sob o efeito de bebidas alcoólicas.

Fonte: midiamax

Comentarios

Más popular

Arriba