Otros

Com 50 orgasmos por dia, jovem espera se curar de doença com amor

Amanda e Suart estão juntos há sete meses

Após uma vida de constantes orgasmos, Amanda Gryce, 24 anos, que já esteve à beira do desespero, agora está voltando à vida e espera controlar a sua condição com muito amor e um árduo tratamento médico.

Com uma média de 50 orgasmos por dia, a jovem sofre da condição conhecida como Transtorno de Excitação Genital Persistente desde que tinha seis anos. “Diferentes tipos de coisas podem desencadear isso, principalmente vibrações: andando de carro ou com música muito alta. Pode acontecer em qualquer lugar, às vezes tenho cinco seguidos. Não é agradável. Tornou-se uma tortura.”

1257588_com-50-orgasmos-por-dia-jovem-espera-se-curar-de-doenca-rara-apos-achar-amor

O casal não tem contato sexual

Há sete meses, Amanda conheceu o namorado Stuart Triplett, 22 anos, que por ordens médicas precisa se abster do contato sexual com a amada. Além do celibato, a moça finalmente encontrou um médico que lhe receitou um tratamento com algum efeito positivo: Ela toma remédios para diminuir a intensidade dos orgasmos, além de praticar uma série de exercícios específicos regularmente. “Este último ano tem sido incrível. Encontro Stuart e o Dr. Echenberg, eu finalmente sinto que posso ter uma vida mais normal e, eventualmente, uma vida sexual positiva.”

Amanda pratica exercícios para tentar controlar os impulsos

Comentarios

Más popular

Arriba