Otros

Chuvas levam Coronel Sapucaia a sofrer duplo isolamento

Chuvas levam Coronel Sapucaia a sofrer duplo isolamento
Rompimento da MS-289 em dois trechos deixa a população da fronteira sem saída
Ver mais Fotos
Clique na Imagem para ampliá-la
Cratera na MS-289 entre Amambai e Coronel Sapucaia. Rompimento do asfalto em dois pontos deixou a cidade da fronteira praticamente isolada do resto do Estado. (Fotos: Sérgio Barbosa e Divulgação)
Vilson Nascimento

Duas interdições na Rodovia MS-289, o rompimento parcial do aterro sobre o Córrego da Lagoa, na entrada da cidade em Amambai e o rompimento total da via a cerca de 20 quilômetros da cidade causados pelas fortes chuvas que caíram na região nessa sexta-feira, de dezembro, provocou um duplo isolamento de Coronel Sapucaia em relação ao resto do Estado.

Com o tráfego na MS-289 interditado, a única forma de a população deixar a cidade da fronteira com o Paraguai é por vias de terra e todas também estão com suas estruturas comprometidas devido o grande volume de chuva que tem caído na região.

Uma das alternativas é seguir pela perigosa MS-165, que faz parte da chamada “Sul-Fronteira” e liga as cidades de Coronel Sapucaia a cidade e Aral Moreira pela linha internacional que separa Brasil e Paraguai.

Outra alternativa é cortar atalhos por estradas vicinais de terra por meio de fazendas, que também estão bastante danificadas por conta da chuva.

Há duas semanas a prefeita de Coronel Sapucaia, Nilcéia Alves de Souza, já havia decretado estado de calamidade no município quando um forte temporal destruiu a captação de água da Sanesul, deixando a cidade sem abastecimento de água potável.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba