Otros

CEL.SAPUCAIA.PF faz operação contra o tráfico em MS e mais três estados

PF faz operação contra o tráfico em MS e mais três estados
Operação também abrangeu Coronel Sapucaia e Aral Moreira

Um vereador de Antônio João na fronteira com o Paraguai, teria sido detido nesta terça-feira (29) durante a Operação Quinta Roda, desencadeada pela Polícia Federal para desmantelar uma quadrilha de traficantes de drogas que atua em São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará. O filho dele também teria sido levado para prestar depoimento na delegacia da PF em Ponta Porã, mas as informações ainda não foram confirmadas.

A operação é conduzida por policiais federais da delegacia e Araçatuba, cidade do interior de São Paulo. O grupo é acusado de mandar para São Paulo grandes quantidades de drogas que saiam das fronteiras com o Paraguai e a Bolívia.

Segundo a PF em Araçatuba, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão e 36 mandados de prisão nos quatro estados. Todos os mandados foram expedidos pela Justiça Federal da cidade paulista.

Além dos mandados de prisão e de apreensão, foram apreendidos dez veículos, 10 mil dólares e 105 mil reais em dinheiro.

De acordo com o site Jornal Floripa, 29 pessoas foram presas, sendo duas na região de Araçatuba. Os locais das outras prisões ainda não foram informadas.

No transcorrer das investigações, que duraram 12 meses, a polícia apreendeu 560 quilos de cocaína, 26,6 toneladas de maconha, um fuzil 5.56 e uma pistola 9 milímetros.

“A investigação durou um ano e toda essa droga foi apreendida durante toda a operação. As pessoas presas serão encaminhadas para a cadeia de Penápolis. Com autorização judicial, tivemos escutas telefônicas que facilitaram a operação”, afirmou o delegado da Polícia Federal Frederico Franco Rezende.

Rota do tráfico – De acordo com a PF, a organização criminosa comprava grande quantidade de maconha e cocaína no Paraguai e na Bolívia, passando por Corumbá e Ponta Porã. Após cruzar Mato Grosso do Sul, a droga era distribuída na capital paulista.

A droga era transportada no conjunto da quinta roda dos caminhões e por isso a operação recebeu o nome de “Quinta Roda”. Conforme a PF, a quadrilha também escondia a droga em cargas de milho, madeira, farinha e até dentro dos pneus dos caminhões, métodos bastante usados na fronteira.

Fonte: Campo Grandenews 

Comentarios

Más popular

Arriba