Otros

Campo-grandense abandona carro com 100 kg de maconha, mas é preso

Um morador de Campo Grande foi preso no fim de semana na região de Amambai, fronteira com o Paraguai, transportando cem quilos de maconha no porta-malas de um carro. Ele chegou a fugir da equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) após abandonar o carro e fugir para o mato, mas foi localizado e preso em flagrante.

PUBLICIDADE.
elite-m-banner

Renato Souza Lima, 33, seguia pela rodovia MS 156, que liga Amambai a Caarapó, em um Corsa sedan cinza com placa de São Paulo, quando foi abordado em uma barreira do DOF.

O condutor do carro passou pelo bloqueio em alta velocidade e foi perseguido por pelo menos 2 km, quando desceu do carro e correu para uma mata, mas foi localizado. No porta-malas estavam 91 tabletes de maconha que totalizaram 100,5 quilos da droga.

Renato contou aos policiais que tinha sido contratado em Campo Grande para se deslocar até Coronel Sapucaia, pegar a carga de maconha e levá-la até São Paulo (SP). Disse que receberia R$ 1.800 pelo serviço. Ele foi autuado em flagrante na Defron, em Dourados.

Compressor de ar – Leandro Fernandes de Oliveira, 41, morador em Anápolis (GO), foi preso pelo DOF transportando 32 tabletes de maconha dentro de um compressor de ar.

O fato ocorreu durante bloqueio na BR-463, região de Ponta Porã, durante vistoria em um ônibus que faz o itinerário entre Ponta Porã e Campo Grande. No bagageiro, os policiais encontraram o compresso pertencente a Leandro. Ele apresentou nervosismo desmotivado, segundo o DOF, o que levantou suspeita dos policiais.

O equipamento foi levado para o aeroporto de Dourados e submetido ao aparelho de raio-X. Dentro do cilindro do compressor de ar estavam 32 tabletes de maconha que totalizaram 23 quilos da droga. Leandro disse que pegou a carga em Ponta Porã e ganharia R$ 500 para levar a droga até Goiânia (GO).
CGNEWS

PUBLICIDADE.
art-gesso

Comentarios

Más popular

Arriba