Otros

Campo Grande vai sediar 1º Congresso Internacional de Agrojornalismo

Campo Grande vai sediar 1º Congresso Internacional de Agrojornalismo

Representantes de três frigoríficos do país participam do lançamento e avaliam a necessidade de especialização na comunicação rural

Em abril de 2016 a capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, será palco do 1º Congresso Internacional de Agrojornalismo (Agrojor), evento que reunirá jornalistas e assessores de comunicação para debater os desafios e perspectivas de se divulgar informações relacionadas à agropecuária internacional. O evento, lançado em Foz do Iguaçu (PR), nesta quinta-feira (22), durante a BeefExpo, foi apresentado pela organização como estratégia para fortalecer a categoria e troca de informação com profissionais de países vizinhos.

Representantes dos três maiores frigoríficos de carne bovina do País participaram do lançamento em coletiva de imprensa. Fabiano Tito, do Minerva Foods; Eduardo Pedroso, do JBS e; José Pedro Azeredo Crespo, do Marfrig Group, avaliaram a qualidade da carne produzida no Brasil e também a iniciativa de um evento voltado ao jornalismo rural. Todos ressaltaram a necessidade de uma comunicação mais efetiva, com interferência direta no andamento do mercado interno e externo, que possa eliminar mitos da pecuária e agricultura, prezando por credibilidade aos veículos de comunicação, produtores rurais e indústria.

Após a coletiva de imprensa a comissão organizadora apresentou detalhes do evento que reunirá jornalistas da América Latina, em Campo Grande (MS). “Em pesquisa com profissionais da comunicação que tratam do agronegócio em todo País, verificamos necessidade de alinharmos as ações das redações e com as assessorias de entidades. Muitos esbarram nas dificuldades de se conseguir informações e, melhorar esse contato, está entre nossos objetivos. Mas o evento será muito mais que isso, queremos unir os profissionais, estimular networking e fortalecer a organização da classe”, esclarece o diretor da Rica Comunicação e presidente da comissão organizadora do Agrojor, Ricardo Almeida Cordeiro.

Veículos de comunicação especializados no agronegócio ou com editoria direcionada e, entidades do Rio Grande do Sul, Brasília, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná, além de profissionais da Argentina, Uruguai e Paraguai, já confirmaram representantes no Agrojor. “Recebemos apoio e depoimentos de veículos de comunicação de todos os partes e portes. São profissionais que se preocupam e querem debater o futuro do seu ramo”, pontua Cordeiro, ao alertar que a programação será aberta com o agrojornalista, argentino, Carlos Curci Gonzales, que preside desde 2013 a Rede de Comunicadores Agrarios Latino-Americana.

Durante o lançamento, a comissão organizadora lançou o site do evento (www.agrojor.com.br), canal de comunicação em que os jornalistas poderão apresentar críticas e sugestões para a programação que ainda está em construção.

Comentarios

Más popular

Arriba