Brasil

Brasil bate recorde na venda interna de soja

Produtores brasileiros já comercializaram mais de 73 milhões de toneladas da safra 2015/2016, volume é o maior da história para o período.

Daniel Popov, de São Paulo
PUBLICIDADE:
LILIAN

Enquanto a expectativa de colher a maior safra de soja no País, em 2015/2016, algo próximo a 98 milhões de toneladas segundo levantamento da consultoria Safras & Mercado, não se confirma, as vendas da oleaginosa por parte dos produtores bate recorde. Isso porque, de maio de 2015 até o final de junho deste ano, o País já comercializou mais de 73 milhões de toneladas da safra 2015/2016, montante 4% mais elevado que o recorde registrado na safra 2012/2013, segundo levantamento da consultoria gaucha.

Segundo o analista de soja Luiz Gutierrez, da Safras & Mercado, aproximadamente 75% da safra atual já foi vendida, muito por conta da cotação do dólar que contribuiu positivamente para as negociações ao longo dos últimos 12 meses. “Neste mesmo período, em anos anteriores a margem de venda foi até superior a deste ano, em torno de 83%, mas como a colheita foi muito menor os volumes absolutos deste ano são superiores”, garantiu o analista.

A expectativa de um ano diferenciado para a venda de soja também está sendo observada no levantamento das exportações do cereal, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). “Ainda não fechamos os números certos, mas acredito que o Brasil deve superar o volume de embarques de soja ao exterior este ano”, contou Sérgio Castanho Teixeira Mendes, diretor geral da Anec.

Quem ainda tem, que venda

Para ele, os produtores que ainda possuem soja para vender deveriam aproveitar as altas cotações, principalmente no mercado interno, para se desfazer do grão, aproveitando que os preços permanecem em alta.

Gutierrez explica que as altas recentes nas cotações da oleaginosa em Chicago, atualmente, estão contrariando os fatores fundamentais do mercado. Isso porque, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA na sigla em inglês) anunciou um incremento na área plantada de soja no país, em relação a 2015 e uma pequena redução nos estoques da oleaginosa, o que enfraqueceria os preços internacionais. Mas, não foi o que aconteceu. “Não há um grande fator que justifique a alta dos preços da soja em Chicago neste momento e a sua manutenção a médio ou longo prazo, visto que os EUA acabam de semear a maior área de sua história e as condições das lavouras norte-americanas estão ótimas”, garante o analista da Safras. “É claro que o mercado pode mudar, já que estamos em um chamado “mercado de clima”, mas o produtor pode aproveitar os preços elevados no mercado interno para continuar vendendo, gradativamente, seus estoques.

A área americana de soja deve chegar a 33,85 milhões de hectares na safra, contra as 33,47 milhões de hectares do ano anterior. O mercado esperava uma expansão de área que chegaria a 33,98 milhões de hectares, que não se confirmou.

PUBLICIDADE:
pablito-3-262x262
PABLITO PUBLICIDADES,EM CAP.BADO > O MELHOR PRA SUA OBRA < CEL. 0981-936 811 PORTONES,REJAS,EXTRUCTURAS METALICAS,FORRO,PLACAS,BANNES,LETREROS Y OTROS. LLAMA Y HACEMOS TU PRESUPUESTO SIN COMPROMISO.FACE BOOK AQUI.
CIUDAD DE CAPITAN BADO – AMAMBAY

Comentarios

Más popular

Arriba