Otros

Blogueiras tiram as 5 dúvidas de moda plus size mais comuns da web

plusBlogueiras tiram as 5 dúvidas de moda plus size mais comuns da web

Marie Clarie

Débora Fernandez, Renata Pskus e Paula Bastos – Foto: Reprodução Blog/Instagram
Débora Fernandez, Renata Pskus e Paula Bastos – Foto: Reprodução Blog/Instagram

Um levantamento feito pelo Google, a pedido da Marie Claire, reuniu as palavras que costumam ser associadas com mais frequência ao termo “plus size”, quando o assunto é moda. De olho nisso, consultamos as principais blogueiras da área para esclarecer as dúvidas mais recorrentes sobre o tema.

Lingerie, biquíni, saia, vestido, blusas… A seguir, confira um guia completo e invista!

Vestidos e vestidos longos

Envelope, de cintura marcada e saia rodada, com laterais escuras… Existe uma grande variedade de vestidos que valorizam a silhueta plus size, mas os longos costumam dividir opiniões. “Muita gente acha que eles achatam a silhueta. O segredo, na verdade, está na escolha do modelo. Os de cintura império, marcado abaixo dos seios, alonga as pernas, assim como os de tecido leve, recortes verticais e fendas”, explica Débora Fernandes.

E quando a dúvida envolve as mangas, ela garante que o ideal é optar pelas versões mais soltinhas ou pela manga japonesa, que não aperta. Na hora de arrematar qualquer modelo, evite calçados com tiras grossas no tornozelo. Elas “cortam” a silhueta!

Lingerie

Peças grandes e em tom de nude deixaram há tempos de ser regra. Com a mudança do mercado, se tornou possível encontrar peças sensuais e ultrafemininas em tamanhos maiores. “Mas na hora de encontrar a lingerie ideal é preciso priorizar o conforto”, reforça a blogueira Débora. “A mulher precisa se sentir bem e confiante.”

De maneira geral, Paula Bastos, do blog Grandes Mulheres, sugere quatro dicas na hora da compra:

Calcinhas de cintura alta são confortáveis, não marcam a barriga e nem deformam o corpo com o tempo;

Sutiãs com laterais largas são ótimos para segurar as gordurinhas laterais e impedem que elas fiquem marcadas na roupa, além claro de oferecer sustentação;

Sutiã com alças largas funcionam bem com busto grande e evitam qualquer desconforto nos ombros;

Modeladores são itens indispensáveis! “Eles ajudam na hora de vestir uma roupa colada, valorizando o caimento da peça”, completa Paula.

Biquíni

Esqueça a imposição do maiô preto e pare de se esconder sob as cangas, os biquínis podem – e devem – fazer parte da mala de viagem. “Ninguém é obrigado a esconder o corpo em pleno verão”, alerta Renata. Para se sentir confortável, comece pelos modelos com hot pant, que carregam um toque retrô. Pouco a pouco, vá diminuindo o tamanho da calcinha e investindo em estampas e cores mais vibrantes.

Procurar lojas especializadas também é superimportante, segundo a expert. “As marcas tradicionais podem até aumentar o tamanho da peça, mas não costumam investir em modelagens que favoreçam a silhueta plus size”, explica. Os tops precisam carregar alças largas, que sustentem o volume do busto de maneira confortável, e regulagem de amarração nas costas.

“Alças finas ou com presilhas de plástico nas costas tendem a quebrar”, acrescenta Renata. Já as calcinhas de tiras finas nas laterais podem enrolar e incomodar. Modelos de tiras mais largas podem funcionar melhor.

Blusas

Caimento é a palavra-chave de uma blusa perfeita. Segundo Renata Pokus, do Blog Mulherão e organizadora do Fashion Weekend Plus Size, a modelagem deve estar a frente de qualquer estampa ou cor, quando o intuito é escolher uma peça que valorize a silhueta. “Por isso, as blusas de tecido plano – cetim, lã, tricoline, musseline – são sempre um bom investimento, ao contrário da malha, que costuma marcar mais”, explica.

Segundo Renata, tal truque invalida inclusive a regra das estampas de fundo escuro. “Uma blusa acinturada, com bom caimento e estampa de fundo branco, pode ficar bem mais bonita e elegante que um modelo preto, largo e de corte quadrado”, garante.

Para ajudar ainda mais na escolha do modelo ideal, Renata sugere ficar atenta ao comprimento. “O top cropped pode, sim, ser usado pelas gordinhas. A dica é usá-lo com saia, short ou calça de cintura alta ou na altura do umbigo. O resultado é mais sofisticado”, ensina. O que vale é deixar uma pequena faixa de abdômen exposta para um look sensual na medida.

“Blusas mais compridas ajudam a disfarçar aquela parte de baixo mais saliente da barriga. Mas não precisa ser longa demais. Opte por modelos que terminam no meio do quadril”, aconselha. “Pouco maior que isso são as minivestes, uma espécie de microvestido, que podem ser usadas com short por baixo. É uma peça bacana para quem tem mais volume abdominal e pernas bonitas.”

Saia e Saia Godê

Milagrosa e indispensável! É assim que Paula Bastos gosta de definir a saia godê, uma das mais procuradas pelas mulheres plus size. “Ela é perfeita, pois valoriza tanto quem tem quadril saliente, quanto as mais retas”, garante. O corte em “A” equilibra a silhueta ao marcar a cintura. E o resultado é um visual feminino e supercharmoso.

Porém, este não é o único modelo que merece um espacinho especial no closet. “Mulheres que têm mais quadril e pouca barriga ficam lindas com saias justinhas, tipo lápis ou bandagem”, diz. “Já as saias midi ficam ótimas nas mais altas e grandonas. Mas as baixinhas podem usá-la com salto, sem problema algum.”

O cós alto ou com elástico são ótimos aliados da saia perfeita. Afinal, destacar a cinturinha é truque-chave. Se preferir, lance mão ainda de um cinto. E se a saia for volumosa, uma blusa mais justinha usada por dentro imprime um resultado poderoso. Para as mais fashionistas, top cropped ou arrematados com nozinho ficam lindos e estilosos.

Camisa

De aparência mais formal, as camisas também podem fazer diferença no visual. Segundo Débora, as de tecido leve, como chiffon, viscose ou seda são ótimas para o dia a dia. As de tecido encorpado não proporcionam um bom caimento e nem imprimem feminilidade. “Gosto de usar modelos lisos com calças e saias estampadas, ou camisas estampadas com jeans”, finaliza ela.

Comentarios

Más popular

Arriba