Brasil

Bens do tráfico vão a leilão e devem render R$ 10 milhões para combate ao crime

Casas, joias, carros e outros itens de traficantes presos serão leiloados.
A Justiça Federal inicia no dia 5 de agosto o leilão dos bens apreendidos com a quadrilha de tráfico internacional de drogas desativada durante a Operação Nevada, da Polícia Federal. Somente a casa de um dos líderes, no Bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande, está avaliada em mais de R$ 2 milhões. O leilão será realizado em duas etapas. A primeira no dia 5, e a segunda no dia 19, com as visitações sendo abertas sempre dois dias antes. Ao todo, são mais de 400 itens, avaliados em R$ 10 milhões, que devem ser revertidos para ações de combate ao tráfico.
PUBLICIDADE:
Tereza centro de beleza e estetica corporal

Na casa, localizada na Rua Serra Nevada e que deu nome à operação, há closets inteiros recheados de roupas, calçados e acessórios. Há perfumes importados, alguns avaliados em R$ 600, lacrados, e outros com o frasco aberto avaliados em R$ 30. Uma mesa de centro, de madeira nobre, custa R$ 12 mil. Pratarias e até mesmo talheres banhados a ouro terão seus valores divulgados ainda nesta semana. Também há celas de montaria que custam R$ 5 mil cada.

Entre os veículos estão carros de luxo, como um Ford Fusion por R$ 30 mil, mas principalmente utilitários usados no transporte da cocaína importada da Bolívia Via Corumbá, como camionetes Toyota Hilux e GM S-10, avaliadas respectivamente em R$ 50 mil e R$ 30 mil, além de semirreboques com preços de R$ 6 mil a R$ 7 mil. Todos esses bens citados já podem ser leiloados, em razão de serem oriundos de lavagem de dinheiro do tráfico internacional, o que possibilita à Justiça a alienação imediata, sem a necessidade de esperar o resultado final do julgamento.

Reportagem de Renan Nucci está na edição de hoje do Correio do Estado.

PUBLICIDADE:
download
WWW.PARAGUAYDIGITAL.COM
FM PARAGUAY DIGITAL – 24 HORAS DE MUSICA PARAGUAYA.

Comentarios

Más popular

Arriba