Otros

Bancários de Amambai mantém adesão à greve nacional

Bancários de Amambai mantém adesão à greve nacional

Funcionários das quatro agências do município, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, HSBC e Bradesco estão mantendo adesão à paralisação nacional da categoria e entraram em greve, em Amambai.

A greve a nível Brasil começou na semana passada, mas em Amambai, área de abrangência do Sindicato dos Bancários de Ponta Porã, a paralização começou nessa segunda-feira, dia 12 de setembro.

Os bancários querem um reajuste de 7% para repor a inflação, aumento de 7% na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, além de abono de R$ 3,3 mil, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Apesar das agências estarem fechadas para o atendimento administrativo interno, os caixas eletrônicos operam normalmente durante a greve.

Contas não terão prazo de vencimento alterado em virtude da greve e poderão ser pagas em caixas eletrônicos, via internet, lotéricas ou em empresas conveniadas às concepcionárias no caso de água e luz, por exemplo.

Na tarde da terça-feira (13), os bancários voltaram a se reunir com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em São Paulo. A rodada de negociação terminou sem acordo e a greve continua. Outra reunião foi realizada na tarde de quinta-feira, dia 15, mas também terminou sem acordo e a greve continua e não tem prazo para acabar.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba