Otros

Artigo: Momentos finais

Momentos finais
Cheguei ao fim da minha jornada e só o que me resta é dizer: Adeus! Estou partindo com um misto de sensações antagônicas. Não seria presunçoso da minha parte ao afirmar que fiz toda a diferença na vida das pessoas, na verdade fui decisivo. Não me julguem precipitadamente, pois não fui responsável pelo fracasso de ninguém. Afirmo isso porque fui acusado injustamente e só tenho a companhia das palavras na minha defesa. Fui considerado um inimigo, mas creia em mim, sou inocente.
O meu desejo sincero é que todos os sonhos, até mesmo os mais exóticos tenham tido a oportunidade de desabrochar trazendo um aroma agradável por todos os lugares. Para alguns fui uma benção para outros fui considerado como maldição. Sei que muitos riram comigo assim como muitos outros choraram. Alegria e tristeza por diversas vezes andaram juntas. Andei lado a lado com os mais abastados e presenciei toda a tragédia advinda da pobreza. Presenciei as atrocidades do terrorismo e das guerras descabidas, vi toda a dor dos que sofrem oprimidos pelo desejo doentio dos seus semelhantes em enriquecer acima de todas as virtudes. Estive presente no meio politico mundial e fiquei pasmo com certas decisões que foram tomadas.
A discrição é uma das minhas mais fortes características, por isso, só observo. Tenho convivido com o elogio e a critica. Sei que todos os pensamentos negativos ao meu respeito podem se transformar a qualquer momento, não é uma esperança vã, pois o ciclo tem se repetido há muito tempo e chego a dizer que as reações, em certo sentido, são até previsíveis.
Antes da minha partida definitiva gostaria de lhe dizer algumas palavras de encorajamento. Apesar das dificuldades não desanime, está chegando um novo tempo e com ele uma nova oportunidade de alcançar o sucesso. Se você estiver lendo essas palavras é sinal de que a ainda há esperança mesmo diante do caos interior. Não pense que estou dizendo absurdos, pois sou testemunha ocular de pessoas que superaram todas as suas limitações e surpreenderam o mundo com a sua força e o poder das suas ideias. Dei pulos de alegria ao ver pessoas condenadas mortalmente pela doença se levantar triunfante juntamente com a cura.
Dizem que o meu fim trás inevitavelmente um novo começo, por isso, não estou triste em dizer-lhe: Adeus para sempre. É preciso que eu parta para que tudo se renove. O velho precisa deixar de existir para que o novo possa despontar no horizonte. Cumpri a minha missão e estou pronto para partir. Vivi intensamente a minha finita existência porque sei que cumpri fielmente com o desígnio confiado a mim pelo meu grande Criador. Ao compreender claramente que nascemos e existimos com um propósito maior e que não estamos sozinhos tudo passa a ter mais sentido e uma força sobrenatural passa a nos mover mesmo diante na nossa inércia. Somos seres amados por Deus e isso faz toda a diferença. Jamais se esqueça do seu valor diante do Pai.
Ah, já ia me esquecendo de me apresentar formalmente. O meu nome é: Ano de 2015. Muito prazer!

Alci Massaranduba

Comentarios

Más popular

Arriba