Otros

Após traição, professora do ES faz ensaio de divórcio e ‘bomba’ na web

Josi Manhães fez fotos sensuais para levantar autoestima após decepção.
Vestido de noiva teve frases clichês de casamento escritas no tecido.

Josi usou o vestido de casamento no ensaio de divórcio, após ser traída (Foto: Filipe Aragão)
Para a professora Josi Manhães, de 36 anos, o sonho de conto de fadas do casamento perfeito durou pouco. Apenas dois meses após a união, ela descobriu que havia sido traída e se divorciou. Mas ao invés de se deixar abater, pegou o vestido de noiva e fez um ensaio fotográfico sensual de divórcio.
A sessão de fotos ganhou a internet, repercutiu nas redes sociais e, além de fama, deu à professora cerca de 10 mil seguidores no Instagram.
Josi contou que foi amiga do ex-marido por 11 anos. Depois de oito meses de namoro, eles decidiram se casar em agosto de 2016. Entretanto, ela era professora em uma escola em Guarapari, no Espírito Santo, e só poderia se mudar para a Serra, cidade em que ele morava, no mesmo estado, ao término do ano letivo.

Assim, eles decidiram manter um relacionamento à distância durante dois meses, até que ela descobriu a traição. “Ele sempre foi meu melhor amigo, confidente mesmo. Essa foi a base para que a gente se casasse. Eu confiava demais nele”, contou.
Com o término do relacionamento, veio a insegurança. “Quando fiquei sabendo da traição, pensei ‘devo ser muito feia’, fiquei pensando o que tinha de errado comigo. Ele era o errado da história, mas eu estava vendo defeitos em mim. Então tive a ideia de fazer um book sensual, para mim, para levantar a autoestima”, explicou.
Na mesma semana, ela começou a se desfazer das lembranças do casamento e aí surgiu a ideia de usar o vestido de noiva no ensaio. “O vestido era a alma do casamento, foi a parte que mais gostei. Quando peguei, falei que ia destruir, colocar fogo. Um artista grafitou o vestido com frases clichês de casamento, como ‘até que a morte nos separe’”.
As fotos se tornaram públicas quando Josi as divulgou em seu perfil no Facebook. Além das imagens, ela postou um desabafo.
“Carta para o amor que acabou! Obrigada por ter sido apenas por dois meses meu engano. Obrigada por não usufruir mais do meu sorriso, do meu corpo, da minha companhia, da minha alma, de tudo que com total sinceridade te entreguei. Obrigada por ter me feito acreditar em contos de fadas pelo menos ‘uma vez’ na vida. Obrigada por tirar de mim qualquer ilusão que me fizesse crer em um homem, um amigo, um parceiro, um cristão. Obrigada por não permanecer! Obrigada por me deixar mais forte, sem ilusões. Mesmo que eu diga que vou te esquecer, é mentira! Porque a mulher que me tornei é resultado da sua traição, e mesmo que por um segundo eu queira acreditar de novo… vou lembrar sempre do que você, meu melhor amigo, parceiro, cristão, foi capaz de fazer comigo!”, escreveu.

Josi Manhães deicidiu fazer ensaio após
traição (Foto: Filipe Aragão)
Josi garante que as fotos – de calcinha, topless, e com taça de champanhe – não foram tiradas com a intenção de afetar o ex. Mas a “ousadia” repercutiu. Segundo ela, a conta no instagram passou de 200 para mais de 11 mil seguidores.
“Tem muita gente entrando em contato comigo, me parabenizando. Eu estou amando tudo isso”, disse.
Fotógrafo
O fotógrafo que fez as fotos de Josi contou que ficou surpreso quando ela o procurou e falou sobre a ideia de fazer um ensaio de divórcio.
“Eu nunca fiz nada parecido, e nunca tinha visto. É algo incomum. Fiquei receoso por ela ser professora, mas depois falei ‘vão bora’”, contou Filipe Aragão.
Ele ainda contou que a repercussão da história foi totalmente inesperada, e que já até recebeu outra proposta parecida. “Uma mulher me mandou mensagem querendo fazer ensaio de divórcio também. Não sei se é sério, mas mandou”, disse, rindo.

Josi usou o vestido de casamento no ensaio de divórcio, após ser traída (Foto: Filipe Aragão)

Comentarios

Más popular

Arriba