Otros

Após semana agitada em MS, políticos não podem mais inaugurar obras

A legislação eleitoral também proíbe discursos, propaganda e contratos a partir deste sábado (2)

A três meses das eleições, as restrições eleitorais previstas na legislação começam neste sábado (2). A partir de hoje, prefeituras, governos e líderes políticos não podem mais promover solenidades de inauguração com festas e descerramentos de placas, bem como veicular publicidade de suas gestões. Também ficam impedidos de contratar, demitir ou remover servidores, salvas exceções previstas pelo TSE (Tribunal Regional Eleitoral).
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

Estão restritos ainda os pronunciamentos em cadeia de rádio e de televisão, fora do horário eleitoral gratuito e também a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos. Por conta disso, a semana foi movimentada para muitos prefeitos em Mato Grosso do Sul, especialmente os que devem concorrer à reeleição, que correram lançar serviços e inaugurar obras.

Um exemplo está na Capital, onde o prefeito Alcides Bernal (PP), somente nos três últimos dias, montou palco para inaugurar três unidades de saúde, uma creche, entregou 42 casas, sorteou 272 apartamentos, lançou programa de regularização fundiária e festejou novos convênios para área de saúde.
PUBLICIDADE:
art forma 1

No interior, outro bom exemplo é Corumbá, a 420 km de Campo Grande, onde o prefeito e candidato à reeleição Paulo Duarte (PTD) entregou sistema de videomonitoramento em unidades de ensino e inaugurou a revitalização de uma das áreas mais simbólicas da cidade, a Praça da República, palco da retomada brasileira na guerra do Paraguai.

Já o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) cumpriu agenda em outras cidades. Na sexta-feira (1), esteve em Nova Andradina, a 300 km de Campo Grande, onde autorizou a construção leitos de terapia intensiva avaliados em R$ 2,4 milhões. No mesmo dia, o tucano passou por Taquarussu, onde assinou ordem de serviço para pavimentação, drenagem, sinalização e liberou recursos para a saúde no município, localizado a 332 quilômetros da Capital. O governador também esteve em Itaquiraí.

Conforme o TSE, tudo voltará ao normal somente depois das eleições e posse dos respectivos eleitos, ou seja, em janeiro de 2017.

Fonte: Campograndenews

PUBLICIDADE:
13043312_455803514627996_3939444568759317782_n
Rosas Vermelhas,nº055, bairro Jardim das Rosas
Ponta Porã, MS
Art Gesso Ponta Porã LTDA
AGORA COM NOVO NUMERO DE WHASAP. +55 67 98539661

Comentarios

Más popular

Arriba