Otros

Ainda usa pendrive? Veja 5 métodos para proteger o dispositivo

Ainda usa pendrive? Veja 5 métodos para proteger o dispositivo

Uol

Apesar do modismo do armazenamento em núvem, o pendrive ainda é um dos meios mais práticos de guardar e transportar arquivos. Além de seu formato compacto e leve, ele não depende de internet. Porém, essas características e facilidade de acesso fazem com que o dispositivo seja mais suscetível à proliferação de vírus, panes e extravio de informações em caso de perda e roubo.

Para te ajudar a manter a integridade do seu pendrive e das informações armazenadas nele, te apresentamos algumas dicas.

1. Cuidado onde pluga

Para garantir a segurança, a dica principal é ficar atento aos locais onde se pluga o dispositivo. É perigoso espetar o pendrive em qualquer computador (seja público ou de amigos) e esse hábito pode trazer consequências não só para o dispositivo, mas também para a máquina. Em situações como essa, o usuário pode transferir um arquivo infectado da máquina para o pendrive ou do pendrive para sua máquina pessoal.

2. Remova com segurança

Quando um pendrive é conectado à porta USB, ele passa a receber uma corrente elétrica para que possa funcionar. Quando ativado, ele passa a fazer várias ações de leitura e escrita com o computador que serão desligadas de maneira correta se o usuários “Remover o hardware com segurança”. Caso contrário, se o dispositivo for removido repentinamente, uma das correntes elétricas que estão passando no momento pode queimar não só o aparelho, mas como a entrada USB. Caso a remoção for feita durante a transmissão de arquivos, o conteúdo corre o risco de ficar corrompido.

3. Criptografia

Uma forma eficiente de proteção é criptografia no dispositivo, que impede que qualquer pessoa tenha acesso aos dados gravados. Na prática, essa técnica é um conjunto de regras que irá codificar as informações de forma que só o responsável consiga ter acesso por meio de uma senha. Pela internet, há uma série de softwares que podem ajudar o usuário nessa tarefa, entre os mais populares estão o TrueCrypt (http://goo.gl/xsYJn9) e o Rohos Mini Drive (http://goo.gl/HN6kwW).

4. Antivírus

Assim como é feito no computador, é importante proteger os dispositivos removíveis com barreiras de segurança para evitar que arquivos maliciosos invadam e depois sejam transferidos para o PC. Essa proteção deve ser feita periodicamente por meio de softwares que irão analisar e apagar conteúdo suspeito. Uma boa solução é o ClevX DriveSecurity (http://goo.gl/KsXxF3), da ESET, desenvolvido especialmente para pendrives e HDs externo, que não precisa de instalação e opera de dentro dos próprios dispositivos.

5. Formatação completa

A formatação pode ser a solução para se livrar de vírus, resolver problemas de reconhecimento e principalmente liberar espaço no dispositivo para fazer a armazenagem de novas informações. Os sistemas operacionais Windows e Linux oferecem a possibilidade de fazer a formatação de pendrivres. Basta clicar com o botão direito sobre o ícone do dispositivo conectado ao computador e procurar por formatar. Caso a formatação não der certo, ainda é possível utilizar softwares especializados no processo, como o HP USB Disk Storage Format Tool (http://goo.gl/1LqVwJ)

Comentarios

Más popular

Arriba