Otros

Agesul interdita “Guaira-Porã” entre Tacuru e Iguatemi

Agesul interdita “Guaira-Porã” entre Tacuru e Iguatemi
Cabeceira da ponte sobre o Rio Jogui cedeu por conta do grande volume de chuva. Recuperação dependerá das condições climáticas.
Ver mais Fotos
Clique na Imagem para ampliá-la
A Agesul tentava solucionar o problema no local quando o grande volume de chuva dessa sexta-feira (4) acabou elevando os estragos, obrigando o órgão estadual a interditar o tráfego na ponte sobre o Rio Jogui. (Fotos: Agesul)
Vilson Nascimento

O grande volume de chuva que vem caindo desde o período da manhã em toda a região Cone Sul de Mato Grosso do Sul provocou o rompimento na cabeceira da ponte sobre o Rio Jogui, interditando o tráfego na “Guairá-Porã”, no trecho da Rodovia MS-295 entre os municípios de Tacuru e Iguatemi.

Até o meio da tarde dessa sexta-feira, 4 de dezembro, o tráfego no local estava em meia pista, mas a situação no local se agravou e após uma avaliação de técnicos do órgão, por medida de segurança, o trânsito de veículos foi cem por cento interditado no local, segundo o diretor regional da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) em Amambai, o engenheiro civil Stefano de Brida.

De acordo com a Agesul, a interdição do tráfego na MS-295 entre Tacuru e Iguatemi é por tempo indeterminado, já enquanto não houver estiagem, não haverá possibilidade de iniciar as obras de reparo.

Rotas alternativas

Com a interdição da Rodovia Estadual, que é a principal via utilizada para escoamento da produção agropecuária e o principal acesso de muitos municípios da região de fronteira com o Paraguai aos estados do sul do País, a rota alternativa passa a ser pela MS-156, que liga Amambai a Caarapó e consequente a BR-163, mas que também está com o asfalto em péssimas condições de trafegabilidade e a BR-463 que liga Ponta Porã à Dourados e posteriormente a BR-163.

São todas rotas longas e com gastos extras com cobrança de pedágios, mas elas são os únicos meios de deixar a região sem ter que enfrentar estradas de terra.

Segundo a Agesul, técnicos inspecionaram e as pontes sobre o Rio Amambai, na Rodovia MS-386 entre Amambai e Ponta Porã e a MS-156 entre Amambai e Caarapó e elas estão em boas condições, ou seja, não sofreram problemas estruturais com o grande volume de chuva.

Grande Transtorno

A interdição da MS-295 entre Tacuru e Iguatemi afeta toda a região, mas principalmente a população de Tacuru, já que o município pertence a comarca de Iguatemi e diariamente um grande número de pessoas trafegam entre os dois municípios, tendo como única rota o trecho de rodovia estadual interditado.

Há mais de duas semanas chove continuamente em toda a região Cone Sul de MS, fator que levou vários municípios a decretarem situação de emergência por conta os danos provocados pelas condições climáticas.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba