Otros

Acredite se quiser: mascar chiclete ajuda a evitar a cárie

Acredite se quiser: mascar chiclete ajuda a evitar a cárie

Crescemos ouvindo nossas mães e os dentistas reprovarem o consumo de chicletes. Agora, anos depois, a história mudou e existem no mercado chicletes que não só fazem bem para a saúde bucal como são capazes de ajudar na prevenção da cárie. Vamos entender melhor isso.

Como quase tudo nessa vida, a goma de mascar também evoluiu com o passar do tempo. Antes só existiam chicletes feitos com muito açúcar e/ou com recheios de caldas bem doces. Sem se preocupar com a saúde das pessoas, antigamente as marcas estavam mais interessadas em fazer algo mais saboroso para que o consumo fosse cada vez maior, afinal, quanto mais doce, mais gostoso é o chiclete. E era por isso que eles eram tão recriminados.

“Hoje a nutrição é uma grande parceira da odontologia e por isso, algumas marcas de gomas de mascar são adoçadas com açúcar natural encontrado nas frutas e vegetais, o chamado xilitol. Essas gomas são fontes de pesquisas científicas na prevenção a cárie”, diz Karyne Magalhães, cirurgiã-dentista especializada em Laserterapia e membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO).

Além de ser bem menos doce e possuir funções que ajudam no combate à cárie, pois não é capaz de ser metabolizado pelas bactérias cariogênicas, o xilitol também é menos calórico, sendo em todos os quesitos uma opção melhor para a saúde.

Mais saliva

Além de tudo que já foi citado, mascar chiclete também estimula a produção de saliva. “Quando comemos, o nosso pH bucal cai consideravelmente e isso causa a desmineralização da estrutura dental. Esse pH só normaliza cerca de 30 minutos após a refeição. Quando mastigamos, aumentamos a produção salivar para ajudar na digestão e na proteção das estruturas dentais, bucais e gástricas”, diz a especialista.

Aí que entra o chiclete. Ele é indicado para fazer esse estímulo salivar perdurar por mais alguns minutos, reduzindo o efeito cariogênico de alguns alimentos e causando um efeito antibacteriano na boca, propriedade do xilitol, especialmente sobre os Streptococcus mutans, principal bactéria causadora da cárie.

Todos valem de alguma forma

Chicletes com açúcar “comum” também têm sua função positiva, embora não sejam os mais indicados. “Qualquer chiclete estimula a produção salivar, só que se a pessoa, após as refeições, mascar uma goma com açúcar o efeito não será o mesmo da goma sem açúcar, pois o pH não vai se elevar da mesma maneira. Bons exemplos de gomas de mascar que têm esse tipo de adoçante natural são o Mentos, o Happydent e o Valda”, diz a especialista.

Nada substitui uma boa escovação

Mas não se iluda, nada substitui a escovação e o uso do fio dental! “Costumo dizer que não existe processo “milagroso”. Se não fizer muito bem feito esses dois processos fique certo que além da cárie, uma doença periodontal vai se instalar. O chiclete pode ajudar sim, mas só quando não se tem a escova naquele momento”, diz Karyne.

Vale ressaltar outro detalhe: se a ingestão de água não for suficiente, não haverá saliva para proteger os dentes, pois 99% da nossa saliva é água. Então, também fique atento para ingerir pelo menos 2 litros ao dia e nunca se esqueça, uma boca saudável e um hálito fresco são o resultado de um conjunto de cuidados que devemos ter. Não se apegue a milagres!

Comentarios

Más popular

Arriba