Otros

4,2 toneladas de maconha são apreendidas pelo DOF em MS

Por: Folha de Dourados

Quatro homens foram presos acusados de traficar 4,2 toneladas de maconha em um caminhão boiadeiro. Para disfarçar os fardos da droga, os traficantes colocaram espigas de milho seco em cima da carga. A apreensão aconteceu às 14h de ontem (4) em Iguatemi, distante 466 km de Campo Grande.

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), realizavam policiamento na MS-180, quando abordaram dois homens que estavam parados às margens da rodovia ao lado de uma motocicleta. Um deles, ao ver a viatura, jogou um objeto no mato.

Foram realizadas buscas pessoais, mas nada de ilícito foi encontrado com eles, mas os policiais acharam um rádio transmissor jogado no mato. No local, dois agentes ficaram com os suspeitos e outros dois deslocaram com a viatura pela estrada.

Três quilômetros depois, deram ordem de parada ao condutor de um caminhão boiadeiro. Dois homens estavam dentro da cabine. Quando o veículo parou, eles saíram correndo, tentaram pular uma cerca, mas foram pegos.

Dentro do caminhão, atrás do banco, os policiais encontraram dois fardos de maconha enrolados em saco preto. Na carroceria, havia várias espigas de milho cobrindo inúmeras quantidades de fardos de maconha.

O condutor do caminhão foi identificado como César Silveira Menezes, 26. Ele contou que pegou o veículo em Coronel Sapucaia e entregaria em Juti, sendo que receberia R$ 2 mil pelo transporte. Celso Menezes, 44, era o passageiro do caminhão e relatou que fazia serviço de batedor com uma moto, mas a mesma deu problema, a escondeu no mato e seguiu viagem junto com César.

Os outros dois suspeitos que estavam parados na rodovia foram identificados como Willian Vilhalba Martins, 19 e Luis Fernando Rojas, 18. Cada um receberia R$ 500 para fazer serviço de batedor de estrada.

Após a pesagem, os policiais contabilizaram 4.220 quilos de maconha.(CGNews)

Comentarios

Más popular

Arriba