Otros

Combustíveis têm alta de até 9,4% a partir de hoje

Combustíveis têm alta de
até 9,4% a partir de hoje

Aumento decorre de reajuste da pauta fiscal, usada para cobrança do ICMS

Alta do tributo, que vigora a partir de hoje, deve chegar, de imediato, aos postos do Estado
(Foto: Bruno Henrique / Correio do Estado) Alta do tributo, que vigora a partir de hoje, deve chegar, de imediato, aos postos do Estado
Saiba Mais
Levantamento da pauta fiscal dos combustíveis será mensal
Em razão de novos reajustes tributários, os combustíveis ficam até 9,4% mais caros em Mato Grosso do Sul a partir de hoje. As pautas fiscais, usadas no cálculo para cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), foram elevadas de R$ 2,5340 para R$ 2,7724 (etanol), de R$ 3,5100 para R$ 3,5989 (gasolina comum) e de R$ 3,0170 para R$ 3,1649 (óleo diesel comum). Este é o sexto aumento do imposto sobre os combustíveis praticado neste ano pelo governo estadual. Desde janeiro, a alta tributária chega a 40,64% no Estado.
As pautas fiscais são publicadas, com ou sem alterações, a cada 15 dias pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Os aumentos ou reduções refletem o comportamento do mercado, mas também estimulam as remarcações de preços nas bombas. No caso de Mato Grosso do Sul, ocorreram sete quedas e seis altas neste ano.
No entanto, os pesos das elevações foram maiores. Em janeiro, o chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) ou pauta fiscal da gasolina era de R$ 3,1415, do diesel, de R$ 2,4380 e do etanol, de R$ 1,9712. Na comparação com os valores que entram em vigor hoje, as majorações são, respectivamente, de 14,55%, de 29,81% e de 40,64%.

Comentarios

Más popular

Arriba