Brasil

VÍDEO: suposta formação de tornado causa alvoroço e movimenta redes sociais em MS

Rumores sobre a suposta formação de um tornado causou alvoroço e rendeu especulações na tarde desta terça-feira (6) entre os moradores do distrito de Vila Marques, em Aral Moreira, distante 402 quilômetros de Campo Grande. Em uma imagem publicada nas redes sociais é possível ver a formação de ar e poeira em forma de um funil.

No Facebook a foto causou temor e dúvidas entre os internautas.“A natureza às vezes assusta”, escreveu uma mulher. Houve também aqueles que com medo, resolveram apelar para a proteção divina. “Senhor Jesus, tenha misericórdia”, comentou um morador. “Que medo! Só Deus para nos proteger”, completou outro.

PUBLICIDADE.
elite-m-banner

De acordo com Wagner Cavalcante, de 19 anos, morador que filmou o fenômeno, a ocorrência aconteceu por volta das 16 horas em uma área rural do distrito. “Eu estava indo olhar a lavoura por causa do tempo e começou aquilo. Foi muito feio, ventava muito, coisa rara de acontecer. Só consegui filmar porque estava longe”, conta.

Conforme o meteorologista Natálio Abrahão, a ocorrência pode mesmo ser um tornado ou uma nuvem funil. Ambas ocorrências têm forma de funil, ultrapassam a velocidade de 50 quilômetros por hora e têm incidência de raios, rajadas de vento e chuvas na circunferência onde ocorrem, porém, a diferença é que para ser classificado como tornado, é preciso que a base atinja o chão.

“Essas ocorrências se dão em regiões com altas temperaturas e umidade variada, acontecem durante no máximo três minutos e não voltam a se repetir no mesmo lugar. Os moradores podem ficar tranquilos que não há perigo”, explica o meteorologista.

Natálio afirma que a força dos ventos que ocorrem nos fenômenos podem destelhar casas e derrubar árvores, porém, somente dentro do raio de 100 a 800 metros do centro do funil.
midiamax
Veja o vídeo.

PUBLICIDADE.
13226775_132649397151746_3477280541821987743_n

Comentarios

Más popular

Arriba