Brasil

Tempestades causam mortes e estragos no interior de São Paulo

Tempestades causam mortes e estragos no interior de São Paulo
Duas pessoas morreram e dez ficaram feridas após o desabamento de um prédio de usina de cana de açúcar.
null
Duas pessoas morreram e dez ficaram feridas após o desabamento de um prédio de usina de cana de açúcar em Canitar (a 375 km de São Paulo), na região de Marília, na tarde da sexta-feira (25). O prédio caiu durante uma tempestade, acompanhada de forte ventania.
null
O Corpo de Bombeiros da região também registrou a queda de árvores e de parte da rede elétrica na cidade. Outro prédio localizado nas proximidades da usina foi parcialmente destelhado.
null
A usina que desabou fica no km 4 da rodovia Gabriel Ligeiro. De acordo com informações da Defesa Civil do Estado, três viaturas do Corpo de Bombeiros, cinco da Polícia Militar e duas ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgências) foram para o local.
null
Em nota, a Defesa Civil informou que enviou uma equipe para a cidade. Os corpos das duas vítimas foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) da região.

Em Pereira Barreto (a 632 km de São Paulo), na região de Araçatuba, a chuva desta sexta-feira à tarde, também acompanhada de fortes rajadas de vento, provocou a queda de árvores, de parte da rede elétrica, destelhamentos e desabamento de um silo agrícola. Um homem morreu e outro ficou ferido no desabamento, ocorrido em um sítio localizado na área rural.

O vendaval também causou o destelhamento de um posto de combustível, de um mercado e do galpão de uma igreja, além de casas e estabelecimentos comerciais.

Em Ourinhos (a 378 km de São Paulo) também choveu e ventou forte, o que provocou queda de árvores sobre veículos e destelhamento da Escola Municipal “Professor José Canavarro”, localizada na Vila Margarida. O prédio estava vazio e não há registro de feridos.

Em nenhuma das três cidades há pessoas desalojadas ou desabrigadas.

Fotos: Felipe Soares Justino, Jiuliermes da Silva, Divulgação/Marília Notícia.

Comentarios

Más popular

Arriba