Brasil

Prefeita eleita Ilda Machado tem registro de candidatura cassada em Fátima do Sul

Conforme decisão da Juíza, Ilda Machado e seu vice, Altair Albuquerque ficam inelegíveis pelo período de 8 anos.
A Juíza da 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul, Rosângela Alves Fávero de Lima, acatou o pedido do Ministério Público e também cassou a candidatura da prefeita eleita do Partido da República — PR — Ilda Machado, esposa do ex-deputado Londres Machado, por compra de votos durante as eleições realizadas no último dia 02 de outubro de 2016.
d67f5c3d-8848-4aa3-869d-f402349e3516
Com essa decisão da justiça eleitoral, a eleição teve os votos anulados e como só tem dois candidatos, o município de Fátima do Sul poderá ter novas eleições nos próximos meses.
Ilda Machado e seu vice Altair Albuquerque, com a anulação dos votos obtidos na eleição do ultimo dia 02 de Outubro, se tornam inelegíveis pelos próximos 8 anos, pelo parecer do Ministério Público, a prática da captação ilícita de sufrágio (compra de votos) restou inequívoca.
O atual prefeito do município, Júnior Vasconcelos (PSDB), também teve seu registro de candidatura cassado recentemente, assim como já noticiado em nosso Portal. Na sentença que determinou a cassação do atual prefeito de Fátima do Sul, a Juíza destaca que o prefeito, então pretenso candidato à reeleição, teria abusado do seu poder político ao realizar a entrega dos contratos relativos as 300 casas financiadas pelo programa social Minha Casa Minha Vida em evento realizado no Centro de Convivência do Idoso no mês de agosto de 2016.
Com a decisão da juíza, o futuro Presidente da Câmara Municipal de Fátima do Sul poderá assumir o cargo no dia 01 de Janeiro, quando os eleitos devem tomar posse. A eleição para Presidente da Câmara acontece logo após os 11 vereadores eleitos serem empossados.
vicentinanews

PUBLICIDAD:
15027657_1288447807880486_7259182058146149011_n

Comentarios

Más popular

Arriba