Brasil

PRE aumenta efetivo em mais 100 policiais para fiscalizar rodovias

PRE aumenta efetivo em mais 100 policiais para fiscalizar rodovias

Operação vai durar até final de janeiro no Estado
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) vai desenvolver trabalho intenso de fiscalização em rodovias até final de janeiro. O efetivo que trabalha na área administrativa foi deslocado para realizar operações. O reforço garante mais 100 policiais nas estradas.

COMPUSHOP IMPORTADOS.
PUBLICIDADE:
compushop

Denominada Rodovia Segura, a operação teve início em dezembro e vai atuar principalmente na exigência do uso de cinto de segurança, mas também fiscalizará outras infrações.

“É muito triste nós observarmos o grande índice de acidentes ocasionados pelo próprio condutor, que não tem a sensibilidade de respeitar o limite de velocidade, usar o cinto de segurança e fazer o uso do álcool, que é proibido”, analisou o tenente Luiz Duarte.

A PRE conta com 10 postos nas rodovias estaduais e neles haverá também campanha de conscientização para que motoristas não cometam infrações. Os policiais estão com material educativo para ser distribuído.

O uso do farol aceso na estrada, mesmo durante o dia, também será vistoriado. Tenente da PRE advertiu que as multas também ficaram mais caras a partir de norma do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

“Uma infração de natureza leve, que tinha valor de R$ 53, passou para R$ 80,38. A infração média de R$ 80 passou para R$ 130,16, a grave está em R$ 195,23 e a gravíssima em R$ 293,97. Existe um agravante, uma ultrapassagem proibida é multiplicada por dez, ou seja, basta multiplicar o valor da multa gravíssima e o resultado é de R$ 3 mil aproximadamente, assim como no caso da alcoolemia”, ressaltou o policial rodoviário estadual.

Fonte: Correio do Estado
15442286_1329198823805384_6533882379666037632_n

Comentarios

Más popular

Arriba