Policial

Preso em Amambai acusado de estuprar e matar menina de 9 anos

SIG chegou até o acusado, que estava usando nome fictício após trabalho de investigação.

O Setor de Investigação Geral (SIG) da Delegacia de Polícia Civil local prendeu essa semana em Amambai um homem de 31 anos, acusado de estuprar e matar uma menina de apenas 9 anos, crime ocorrido na cidade de Dourados.

Os investigadores chegaram até Genésio Garcete, que segundo a polícia já tem diversas passagens por crimes como furto, violência doméstica, por exemplo, após certo período de investigação.

De acordo com o SIG o homem que é indígena estaria residindo na Aldeia Limão Verde, em Amambai, estava usando um nome fictício, ou seja, usava o mesmo sobrenome, mas havia mudado o primeiro nome.

Segundo a polícia, fazendo o uso do nome fictício ele chegou a ser detido por envolvimento em delito de pequeno potencial em Amambai, mas acabou liberado. Na ocasião ele teria afirmado ser irmão de Genésio Garcete.

De acordo com o SIG depois de preso, Genésio que estava com a prisão preventiva decretada pelo juiz da 3ª Vara Criminal da Comarca de Dourados, Dr. César de Souza Lima, pelo estupro e o assassinato da menina de 9 anos, crime ocorrido em uma das aldeias daquele município, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai.

Em Amambai ele figura, segundo a polícia, como suspeito de ser o autor do estupro de outra menina, crime ocorrido no interior da Aldeia Amambai.

Fonte: A Gazeta News

Comentarios

Más popular

Arriba