Policial

Polícia encontra quase 200 celulares em bebedouro em penitenciária de MT

Bebedouro foi comprado com o dinheiro dos próprios presos.
Telefones estavam escondidos na espuma que revestia o equipamento.

Policiais apreenderam quase 200 celulares que estavam prestes a entrar na maior penitenciária de Mato Grosso. Situações como esta são comuns em grande parte das cadeias brasileiras e nem sempre a entrada de itens proibidos é barrada.

O equipamento foi comprado com o dinheiro dos próprios presos e tinha saído para o conserto. Quando retornou à unidade, os agentes desconfiaram e resolveram abrir o bebedouro. Os 181 celulares estavam escondidos na espuma que revestia o equipamento.
O problema acontece no Brasil todo. Em Dourados, no Mato Grosso do Sul, um princípio de rebelião foi registrado na terça-feira (03), depois que um drone sobrevoou a penitenciária estadual. Os detentos ficaram com medo de que o drone estivesse carregando armas para uma das facções do presídio. Policiais fizeram uma varredura no local e encontraram facas, celulares e carregadores.
Em Pernambuco, presos do conjunto de presídios do Curado, no Recife, foram flagrados na última semana com facões e falando livremente ao celular. Na Casa de Detenção Provisória em Caucaia, região metropolitana de Fortaleza (CE), presos pareciam comemorar a “liberdade” dentro da cadeia. Em imagens gravadas em junho do ano passado por um detento, eles exibem celulares bebem e fumam.G-1
PUBLICIDAD:

Comentarios

Más popular

Arriba