Policial

PM apreende mais de meia tonelada de maconha em Coronel Sapucaia

Drogara transportada em um veículo conduzido por um detento do regime semiaberto do presidio de Amambai.
A Polícia Militar prendeu na tarde dessa quarta-feira, 23 de setembro, em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai, um detento do regime semiaberto do presídio de Amambai transportando mais de meia tonelada de maconha.
PUBLICIDADE:
anuncie7

A droga em tabletes, que depois de pesada totalizou 520 quilos do entorpecente, era transportada no interior de um veículo Fiat Stilo, cor preta, placas DMJ 3731 de Ituiutaba, estado de Minas Gerais.
539d3bd6c7018b47033a7f1cfe371b6e
A operação que resultou na apreensão do entorpecente e na prisão do acusado, Renan Brasil Ximenes, de 28 anos, que já cumpre pena em Amambai pelo mesmo crime, aconteceu quando a guarnição PM realizava patrulhamento na região da Vila Industrial e resolveu abortar o Stilo para averiguação, já que o veículo aparentava estar bastante pesado.
e7d2dd1555c14fa8a4b84c2915a39705
Segundo a Polícia Miliar, ao perceber que seria abordado, o motorista teria tentado fugir em alta velocidade pela Rodovia MS-289, trecho que liga Coronel Sapucaia a Amambai.

Após cerca de dois quilômetros de perseguição, nos meios policiais chamados de “acompanhamento tático”, Renan Brasil teria tirado o carro da pista, saltado do veículo ainda em movimento e tentado fugir a pé em meio a uma pastagem.

De acordo com a PM, sem ninguém na direção, o Fiat Stilo teria batido em um barranco, vindo a capotar às margens da rodovia.

Ao perceber que o carro estava carregado de maconha, os policiais deram continuidade na perseguição ao motorista, porém desta vez a pé, e conseguiram alcançá-lo e prendê-lo.

Segundo a Polícia Militar, ao receber voz de prisão, Renan Brasil Ximenes, que é originário do estado de Rondônia, teria relatado que receberia R$ 2 mil reais para trazer o carro com a maconha de Coronel Sapucaia e deixar o veículo com a droga em um hotel situado na saída para Caarapó, na cidade de Amambai.

De acordo com a Polícia Militar, durante vistoria no interior do carro os policiais encontraram um mapa feito à mão que descreveria um itinerário entre Amambai até a região de Naviraí.

O caso foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia para ser investigado.

O motorista foi atuado novamente pelo crime de tráfico de drogas, que em caso de condenação acarreta em uma pena que varia de 5 a 15 anos de prisão e encaminhado de volta, desta vez para o setor do regime fechado, do presidio em Amambai, onde permanecerá preso à disposição da Justiça.Fonte: A Gazeta News
PUBLICIDADE:
NORTE

Comentarios

Más popular

Arriba