Policial

Manicure encontrada morta em cachoeira ia resolver desavença

Manicure encontrada morta em cachoeira ia resolver desavença
Corpo foi encontrado com tiro no pescoço em área de difícil acesso
Jeniffer Nayara havia desaparecido na sexta-feira (15)
PUBLICIDADE
PARAGUAY FM WWW.PARAGUAYDIGITAL.COM
A manicure Jeniffer Nayara Guilhermete, de 22 anos, pode ter sido vítima de crime passional em Campo Grande. Seu corpo foi localizado com um tiro no pescoço na Cachoeira do Inferninho, depois que familiares registraram seu desaparecimento ao sair para resolver um desentendimento..
Essa seria uma das linhas de investigação, conforme o delegado Enilton Zalla, ao se considerar envolvimento de uma terceira pessoa com quem a vítima mantinha relacionamento. Seu desaparecimento foi registrado na tarde de sexta-feira (15).
PUBLICIDADE
TOYONORTE
Lucimar Vieira Guilhermete, 39 anos, registrou boletim de ocorrência ao perder contato com a filha que havia saído para atender uma cliente no Bairro Vida Nova I. Enquanto trabalhava como manicure, seu celular recebeu várias ligações de Gabriela Santos. Minutos depois esta chegou ao imóvel com outra mulher, levando Jeniffer Nayara do local em um Chevrolet Sonic branco com placas de São Paulo (SP) para resolver um desentendimento. O celular foi desligado..
10341447_893094164138185_4486439553020985197_n

12573091_893094150804853_782443686430914279_n
No sábado (16), o corpo da manicure foi localizado no fim da tarde na Cachoeira do Inferninho. O resgate, realizado pelo Corpo de Bombeiros, durou mais de quatro horas pela dificuldade de acesso ao terreno. Chinelos e um bilhete da vítima apontavam para sua identificação, confirmada pelo marido no necrotério.
O caso é investigado como homicídio simples pela Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) do Centro..

PUBLICIDADE
nissan
20160117044802 (1)

Comentarios

Más popular

Arriba