Policial

Drone sobrevoa Presidio e acaba derrubado a tiros em Guaíra

Na tentativa de ajudar os agentes, o policial de plantão efetuou disparos de fuzil, calibre 7.62 e logrou êxito em abater o objeto que tratava-se de um Drone, e que caiu defronte ao portão que dá acesso à carceragem.

Na manhã deste sábado (14), por volta das 09h30, um Policial Civil de Guaíra ouviu disparos de arma de fogo oriundos do SECAT (Setor de Carceragem Temporária) e, imediatamente foi verificar do que se tratava, já que poderia ser uma fuga de presos.

No local foi avistado os agentes de carceragem que estavam armados com espingarda calibre .12, e que haviam feitos disparos no intuito de abater um objeto voador (até então não identificado) que sobrevoava a cadeia pública.

Na tentativa de ajudar os agentes, o policial de plantão efetuou disparos de fuzil, calibre 7.62 e logrou êxito em abater o objeto que tratava-se de um Drone, e que caiu defronte ao portão que dá acesso à carceragem.

Minutos após compareceu na 13ª DRP o proprietário do equipamento. Ele disse que estava fazendo uma reportagem na Igrejinha de Pedra, utilizando de imagens aéreas que seriam geradas pelo Drone, e não percebeu quando o mesmo sobrevoava o SECAT.

Segundo informações, essa não é a primeira vez que Drones sobrevoam a cadeia local.

O equipamento, nesse caso, ficou praticamente destruído.marechal news

Comentarios

Más popular

Arriba