Policial

Choque desarticula quadrilha com sete integrantes do ‘Tribunal do Crime do PCC’

Foram apreendidas armas, cocaína e dinheiro
MIDIAMAX
Thatiana Melo e Arlindo Florentino

Uma operação realizada pelo Batalhão de Choque na noite desta terça-feira (21) desarticulou uma quadrilha, com integrantes do ‘Tribunal do Crime do PCC’ prendendo cinco pessoas e apreendendo dois adolescentes, em Campo Grande, nos bairros Nova Lima, Noroeste e Estrela D’Alva.

Depois de denúncias anônimas, por volta das 22 horas policiais do Choque fizeram rondas e em três bairros da Capital prenderam Kevin Renan Costa Lopes Souza, 18 anos, Fernando Patrick Oliveira Souza, 19 anos, Abel Oliveira dos Santos, de 25 anos, e a mulher de um integrante da facção criminosa PCC Maiara Úrsula Fazan de moura, de 27 anos, conhecida como ‘Malévola’, além da apreensão de dois adolescentes, ambos de 17 anos.

As investigações começaram depois do roubo de uma tabacaria, na Avenida Ceará, na última segunda-feira (13), quando um adolescente, de 17 anos, e um dos integrantes da quadrilha assaltaram o local efetuando disparos e levando também um veículo Chevrolet Prisma.

Na noite de ontem (21) com as características dos autores, os militares avistaram dois que ao visualizarem a viatura embarcaram no primeiro ônibus, que foi parado pelos policiais. Com eles foram encontrados uma pistola.
==========================
INMOBILIARIA CAPITANBADO
PUBLICIDAD:
“Lo que Buscas,Nosotros Tenemos”
]
==========================================

Depois da prisão de dois autores da quadrilha, o Choque prendeu o restante em três bairros diferentes da cidade. Em uma das residências foram apreendidas armas, sendo duas pistolas e uma delas de um policial militar, que foi roubado há dois anos, além de dois quilos de cocaína, 1,5 de maconha, vários cartões de banco, documentos de identidade, dinheiro e um narguilé.

Entres os presos estão integrantes do ‘Tribunal de Justiça do PCC’. Eles foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e vão responder por tráfico de drogas, formação de quadrilha, roubo a mão armada e corrupção de menores.

Execução

Um jovem, identificado como Richard Alexandre Lianho, de 25 anos, foi executado na última quarta-feira (15), e teve o corpo desovado na cachoeira do Ceuzinho, em Campo Grande. Ele teria sido julgado pelo tribunal do crime do PCC.

A execução dele foi filmada e o Jornal Midiamax teve acesso ao material, de 74 segundos. A reportagem não identificou processos envolvendo o jovem, mas segundo as informações dadas no local onde o corpo foi encontrado, os autores do assassinato brutal disseram que ele devia dinheiro a uma facção criminosa e era suspeito de tentar estuprar crianças.

No vídeo é possível ver toda a execução e um alerta da vítima: “pra todo mundo, todo o CV que está aí, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, na penitenciária aí, na rua, pra sair tudo jogado que o que está acontecendo comigo pode acontecer como você também”.

Para a polícia, a execução é parte da guerra entre facções criminosas nos presídios em Mato Grosso do Sul, que já fez vítimas na Capital e no interior. A Polícia não citou qual facção seria responsável pela execução, mas os confrontos recentes opõem o Comando Vermelho (o CV), surgido no Rio de Janeiro, e o PCC (Primeiro Comando da Capital), criado em São Paulo, mas que se espalhou pelo País e é bastante forte nas cadeias sul-mato-grossenses.

Publicidade

Comentarios

Más popular

Arriba