Brasil

Morador da região que passou dez anos à procura do pai descobre que ele trabalha “ao lado” dela

Morador da região que passou dez anos à procura do pai descobre que ele trabalha “ao lado” dela
Com a ajuda de colegas, Beatriz Natel descobriu que o pai, Francisco Coelho, trabalha na mesma empresa na qual ela é funcionária.
Uma jovem de 21 anos, moradora de Cafelândia, no Oeste do Paraná, conheceu o próprio pai, na última terça-feira (15), após passar cerca de dez anos procurando por ele. Com a ajuda de colegas, Beatriz Natel descobriu que o pai, Francisco Coelho, trabalha na mesma empresa na qual ela é funcionária. Os dois atuam no setor de abates de uma cooperativa de Cafelândia, já haviam se cruzado por diversas vezes, mas nunca tinham imaginado a relação de parentesco.

História

Os pais de Beatriz se conheceram, no ano de 1993, em Assis Chateubriand, também no Oeste do Paraná. Eles chegaram a namorar por alguns meses, mas a mãe da jovem, muito nova na época, precisou terminar o relacionamento e voltar a morar em Assis (SP), município onde ela vivia antes de conhecer o namorado, já grávida. A informação de que ela esperava um bebê, entretanto, nunca havia chegado aos ouvidos de Francisco, supostamente ‘protegido’ por familiares.

Sabendo da história pela mãe, Beatriz começou a procurar o pai quando tinha de dez para onze anos, depois de receber uma foto dele de um familiar. Na época, ela já morava com a mãe em Cafelândia. O encontro, no entanto, só aconteceu nesta semana, após a descoberta de que Francisco estava mais próximo do que a jovem imaginava.

Casado e pai de outros filhos, Francisco prometeu compensar o tempo perdido.M.NEWS

Comentarios

Más popular

Arriba