Brasil

Gasolina chega a R$ 4 em MS e Confaz autoriza aumento de R$ 0,11

O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) autorizou o aumento no preço dos combustíveis para o mês de janeiro de 2017. Em Mato Grosso do Sul, o litro do combustível poderá ficar até R$ 0,11 mais caro para o consumidor final.

PUBLICIDADE;
pora tintas

De acordo com ato do Cotepe (Comissão Técnica Permanente) publicado no DOU (Diário Oficial da União), na sexta-feira (23), a gasolina pode passar de R$ 3,617 para R$ 3,728.

A pauta fiscal serve como guia para os empresários do setor. Além da gasolina, a publicação também sinaliza o preço dos outros combustíveis: o etanol passa de R$ 3,00 para R$ 3,03; diesel S10 de R$ 3,41 para R$ 3,74; óleo diesel de R$ 3,24 para R$ 3,31; GLP de R$ 4,83 para R$ 4,85 e o GNV se mantém em R$ 2,36.

Neste fim de ano, a gasolina já atinge o valor médio de R$ 4 em Paranaíba, a 400 quilômetros de Campo Grande. Na Capital, o preço do litro do combustível está na faixa dos R$ 3,52, segundo levantamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo).

Com o valor R$ 3,522, Campo Grande ficou no segundo lugar do ranking da ANP, entre os dias 18 e 24 de dezembro. A Capital só perdeu para São Luis, no Maranhão, com o preço de R$ 3,454. As outras capitais do centro-oeste tiveram os seguintes valores: Cuiabá (3,738), Goiânia (3,868) e Brasília (3,684).

Ainda no mesmo período, Campo Grande teve o etanol ao preço médio de R$ 3,522.

Interior

Entre 18 e 24 de dezembro, a ANP apurou os preços médios: R$ 3,86 em Corumbá; R$ 3,75 em Coxim; R$ 3,87 em Dourados; R$ 3,72 em Nova Andradina; R$ 3,67 em Ponta Porã e R$ 3,95 em Três Lagoas. MIDIAMAX

PUBLICIDADE.
13735183_1060543784022323_1867334286_n

Comentarios

Más popular

Arriba