Fronteira

PARANHOS:POLICIAL EXECUTADO SERA VELADO NA CAMARA DE VEREADORES.

Policial civil é executado em academia de Paranhos
Conforme a polícia, autores estavam em três e a bordo de um veículo vermelho.
Investigador da Polícia Civil identificado como Aquiles Chiquin Júnior foi morto a tiros quando chegava em uma academia, na noite de ontem(14/06), em Paranhos.

PUBLICIDADE:
CHOCA

Atiradores efetuaram disparos de fuzil atingindo mais quatro pessoas dentro do estabelecimento, segundo a Polícia Miliar. O policial foi atingido predominantemente na região lombar da coluna vertebral.

De acordo com o comando da 3ª Companhia de Polícia Militar, com sede em Amambai, que é responsável pelo policiamento preventivo na cidade da fronteira, os autores do crime seriam três indivíduos que estavam a bordo de um veículo Gol de cor vermelha.

Segundo a PM, os criminosos teriam efetuado vários disparos contra o investigador, posteriormente embarcado no Gol e fugido em direção a cidade paraguaia de Ypêjhú, que fica a menos de um quilômetro do local do crime.

O corpo será velado na Câmara de vereadores de Paranhos e segue hoje (15/06) para Francisco Beltrão, no Estado do Paraná, onde sera sepultado.

Conforme informações, Aquiles, além de policial, lecionava Ciências Biológicas pela SED (Secretaria de Estado de Educação). A Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar o crime. O policial era casado e deixa um filho pequeno.
PUBLICIDADE:
13092106_1611666555820465_6080931976589998881_n

O presidente do Sinpol (Sindicato dos Políciais Civis de Mato Grosso do Sul), Jeancarlo Miranda, foi para Paranhos acompanhar as investigações. Ele afirmou que testemunhas disseram que o autor usava arma longa e ouviu-se sons de rajada de tiros.

A DPI (Departamento de Polícia do Interior) mobilizou equipes de várias delegacias do interior e a DGPC (Delegacia-Geral de Polícia Civil) encaminhou policiais da Capital para a força tarefa que vai apurar a motivação do crime e identificar e prender o assassino ou os assassinos.

Quarta execução de policial em menos de 4 anos

Aquiles Chiquin Júnior foi o quarto policial civil executado em três anos e nove meses na região Cone Sul de Mato Grosso do Sul.

Em setembro de 2012 o investigador Miguel Holsbach foi assassinado quando assistia TV na sala de casa ao lado da esposa, em Tacuru. Um traficante da cidade foi preso dias depois e assumiu a autoria do crime.

Em fevereiro de 2014 o policial civil Marcílio de Souza, de 51 anos, também lotado na Delegacia de Polícia Civil de Paranhos, foi executado com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça quando estava sentado em uma cadeira, em uma lanchonete. O autor fugiu.

No dia 28 de junho do ano passado, há quase um ano, portanto, o investigador Nivaldo José de Almeida, lotado na Delegacia de Polícia Civil de Tacuru, foi executado à tiros ao tentar prender um indivíduo, que reagiu a prisão.

O autor da execução, José Osmar Freitas, o “Veinho”, de 27 anos, foi preso dias depois e confessou o crime.

[*] Matéria atualizada às 20:00 de (14/06)http://internacionalnews.com.br/

PUBLICIDADE:
11745577_1615540182038350_7386744584170395597_n
INMOBILIARIA CAPITANBADO:VENHA FAZER UM BOM NEGOCIO.!!
Inmobiliaria CAPITANBADO oferece serviços exclusivos para você que está em busca de um imóvel para comprar ou alugar. Além de poder pesquisar em nossa base de dados, você conta com diversas ferramentas que vão lhe ajudar na busca do seu imóvel. Aproveite!
Inmobiliaria CAPITANBADO conta com dezenas de ofertas de casas, apartamentos, chácaras, sítios, fazendas, terrenos e conjuntos comerciais. Essas ofertas são enviadas e atualizadas diretamente pela imobiliária, corretores, por esse motivo, temos a maior variedade de propostas em imóvel para todo tipo de cliente.
ACESSE http://www.capitanbado.com/inmobiliaria/

Comentarios

Más popular

Arriba