Fronteira

Paraguaios e bolivianos procuram vacina contra gripe na fronteira de MS

Há regras diferentes para os estrangeiros em Ponta Porã e Corumbá.
Posto de vacinação foi montado na aldeia indígena em Dourados.
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

Os municípios sul-mato-grossenses de Ponta Porã e Corumbá, que fazem fronteira com Paraguai e Bolívia, respectivamente, também estão atendendo os estrangeiros dos países vizinhos que procuram pela vacina contra gripe. Mas em cada cidade tem regra específica.
Em Corumbá, estão sendo vacinados os bolivianos que fazem parto do grupo de risco, ou que moram do lado brasileiro, ou que tenham sido atendidos em alguma unidade de Saúde do município. Segundo a prefeitura, o Ministério da Saúde só enviou doses da vacina para o grupo de risco.
A meta de vacinação na cidade pantaneira é de 24,5 mil pessoas. Foram enviadas 25 mil doses da vacina. Neste sábado (30), a expectativa é imunizar 30% do público-alvo.
PUBLICIDADE:
agua glucha

Na linha internacional entre Brasil e Paraguai, em Ponta Porã, foi montado um posto de vacinação móvel. Cerca de 30% do movimento neste dia D da campanha foram de paraguaios. Para serem imunizados, eles devem levar a carteirinha de vacinação e o documento, ambos emitidos no país vizinho.
Como a fronteira é seca entre os dois países, a Secretaria de Saúde se prepara para procura maior na cidade ao sul do estado. A meta é vacinar 15 mil pessoas do grupo de risco.
Em Dourados, a preocupação foi com a aldeia indígena onde há 12 mil pessoas. Para isso, foi montado um posto de vacinação móvel que vai atender a todos, independentemente da idade. Na cidade, a meta é proteger 66 mil pessoas.
PUBLICIDADE:
DETOX 226 X 250

Mortes
Mato Grosso do Sul já registrou cinco mortes por H1N1 em 2016, sendo três em Campo Grande – onde a meta é imunizar 180 mil pessoas -, uma em Corumbá e outra em São Gabriel do Oeste.
O último boletim epidemiológico mostra que, desde o início de 2016, 22 casos de H1N1 foram confirmados em: Aparecida do Taboado (1), Campo Grande (7), Corumbá (1), Dourados (5), Nova Andradina (1), Paranaíba (1), São Gabriel do Oeste (2), Sidrolândia (1) e Sonora (3). Ao todo foram notificados 190 casos suspeitos.
PUBLICIDADE:
download
WWW.PARAGUAYDIGITAL.COM
FM PARAGUAY DIGITAL – 24 HORAS DE MUSICA PARAGUAYA.

Comentarios

Más popular

Arriba