Fronteira

Maconha era transportada no interior de blocos de concretos que haviam saindo de Coronel Sapucaia.

Operação apreende mais de 2,2 toneladas de maconha em Amambai

Maconha era transportada no interior de blocos de concretos que haviam saindo de Coronel Sapucaia.

A droga era transportada em meio a blocos de concreto. (Fotos: Divulgação PC)

Uma ação conjunta envolvendo policiais do DENARC (Departamento de Narcóticos) de Cascavel, estado do Paraná e a Polícia Civil local apreendeu na tarde dessa terça-feira, dia 4 de julho, em Amambai, 2 toneladas e 270 quilos de maconha em tabletes.

A droga, que pela nota da carga teria saído da região de Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai e teria como destino o estado do Rio de Janeiro, era transportada em meio a blocos de concretos pré-moldados geralmente usados na construção civil.

De acordo com a Polícia Civil de Amambai, uma mulher residente em Toledo, estado do Paraná, seria a coordenadora do esquema de tráfico.

Ela teria coordenação a aquisição dos blocos de concreto de uma empresa de Guaíra, também no estado do Paraná e contratado um caminhão guincho na cidade de Toledo para vir a Coronel Sapucaia carregar os blocos já com a droga embutida em seu interior e levar ao destino final.

Todos os passos da organização criminosa foram monitorados pelo DENARC, até a abordagem ao veículo de carga que transportava a droga nessa terça-feira em Amambai.

Segundo o delegado titular de Polícia Civil em Amambai, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria, que participou da operação, as investigações apontaram que o motorista do caminhão onde os palanques de concreto eram transportados na hora da abordagem, um homem de 24 anos, morador em Toledo, não sabia da existência do entorpecente no interior dos artefatos. A polícia continua trabalhando no caso.Agazeta

Comentarios

Más popular

Arriba