Fronteira

Dois disputam prefeitura de Tacuru em junho

Dois disputam prefeitura de Tacuru em junho
Cidade de 7,1 mil eleitores; Justiça cassou os eleitos

Dois candidatos vão disputar a eleição extemporânea, em Tacuru, a 407 quilômetros de Campo Grande, no dia 4 de junho. A gestão eleita em outubro passado foi afastada pela Justiça Eleitoral por abuso de poder, daí a eleição suplementar.

Paulo Sérgio Lopes de Melo, do PP, vereador, prefeito interino da cidade desde janeiro deste ano, é um dos candidatos. A vice dele Daiana Neres de Souza Pedrotti, do PTdoB, também é vereadora. Carlos Alberto Pelegrini, do PMDB, ex-vereador, é o outro concorrente ao lado do candidato a vice, o conhecido Marcelo Veterinário, do PMDB.

O hoje prefeito Paulo de Melo, já em fevereiro passado. há um mês no mandato, levou um ‘puxão de orelha’ do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), que recomendou que ele parasse de promover propaganda pessoal enquanto atuava interinamente como prefeito da cidade.

Paulo Mello, segundo o MPE, estaria gastando dinheiro público para trocar todos os adesivos da frota municipal com seu slogan “Prefeitura de Tacuru – Humanização e Poder”.

Além disso, Mello estaria fazendo propaganda pessoal e institucional veiculadas em meios de comunicação, evidenciando que pretende, em simples palavras, deixar sua marca junto à população enquanto é Prefeito Municipal.

De acordo com o promotor de Justiça Thiago Barbosa da Silva, a época da recomendação, informou que considerava que a situação do prefeito era “precária e temporária, de modo que ao Prefeito Municipal em exercício cabe apenas a manutenção dos serviços essenciais à municipalidade e continuidade dos trabalhos necessários à manutenção da ordem, segurança, saúde, educação”.
Midiamax

Comentarios

Más popular

Arriba