Fronteira

Desnível do asfalto provoca acidente entre Amambai e Sapucaia

Depressão se formou nas duas bordas do aterro implantado na MS-289, local rompido pelas chuvas de dezembro. (Fotos: Vilson Nascimento)
Vilson Nascimento
5b20ea4cde6aaf5dabb20058986aa177
Na manhã desse sábado, dia 30 de janeiro, o Corpo de Bombeiros atendeu uma ocorrência de capotamento entre Amambai e Coronel Sapucaia.

O acidente aconteceu na Rodovia MS-289, trecho que liga as duas cidades, em uma localidade da rodovia estadual onde no começo do mês de dezembro foi cortada por uma erosão.
MERCADO DA ECONOMIA - SAPUCAIA
O tráfego no local foi restabelecido de forma emergencial, mas com o fluxo de veículos, o aterro acabou cedendo, provocando desnível nas duas extremidades.

Segundo os bombeiros o acidente da manhã desse sábado resultou somente em danos materiais no carro, um Celta um cor branca, placas de Amambai.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista do Celta, o sargento do Exército Brasileiro, Disley dos Santos Nascimento, de 24 anos, que estava com esposa e duas menores no interior do veículo, teria relatado que perdeu o controle do carro justamente ao passar sobre um desnível no asfalto.

Novo risco de rompimento

Durante passagem pelo local nessa sexta-feira, dia 29, nossa reportagem também detectou um novo risco de rompimento do aterro na MS-289 que é a principal via de acesso entre a cidade de Coronel Sapucaia, na fronteira com o Paraguai e o resto do Estado.
PUBLICIDADE:
detox
O volume de chuva começou a abrir um sulco no aterro recém-recuperado, dano que pode avançar em caso de chuvas mais intensas.

Informado sobre os problemas no local pela reportagem do A Gazetanews, o diretor regional da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), em Amambai, o engenheiro civil Stefano de Briga, disse que vai designar uma equipe para vistoriar e recuperar o local com a implantação de capa asfáltica para corrigir o desnível na pista.

Segundo o engenheiro, durante o mesmo trabalho, que deverá ser realizado esta semana, também será contido a erosão que se inicia em uma das margens do aterro.

Fonte: A Gazeta News
PUBLICIDADE:
ACAI

Comentarios

Más popular

Arriba