Fronteira

Com 7 mortos em ações do Bope e Choque em 48hs, oficial destaca prevenção

Foram sete bandidos mortos em 48 horas, durante ação do Batalhão de Choque e Bope (Batalhão de Operações Policias Especiais da Polícia Militar), em Campo Grande.

Com uma frota de 10 veículos e número de militares não foi revelado, o coronel Wagner Ferreira da Silva, do Bope, disse que apesar do crescimento deste tipo de roubo em comparação ao ano passado as ações pontuais dos policiais têm frustrado as tentativas dos bandidos. “Um trabalho de prevenção e patrulhamento da equipe”, afirmou.

“O objetivo é prender os bandidos, mas a reação dos autores acaba com a ação dos militares, e acontece os óbitos”, explicou o subcomandante do Batalhão de Choque, capitão Rocha.

Quatro bandidos foram mortos na madrugada de segunda-feira (30), entre eles um adolescente, de 16 anos, quando tentavam assaltar uma agência dos Correios, na Capital.

Só em 2016, os Correios tiveram um prejuízo de mais de R$ 1 milhão em roubos e furtos apenas em Mato Grosso do Sul, sem falar nos danos materiais causados a agências no Estado.

Segundo o coronel Wagner, o crescimento é muito menor em relação a outros estados. Em Mato Grosso do Sul foram 26 casos entre roubos e furtos, no ano passado. Bem menor se comparado ao vizinho Mato Grosso, que registrou 52 casos.

Outros dois ladrões morreram na madrugada desta terça-feira (31), em um confronto com o Batalhão de Choque depois de uma tentativa de roubo a uma residência, no Bairro Piratininga.

Eles invadiram a casa de um mecânico para roubar dinheiro e um veículo Chevrolet Astra, sendo mortos em uma troca de tiros com os militares, que surpreenderam os ladrões no momento em que saiam da residência.

A vítima tinha sido amarrada com fios de ferro e ameaçada a todo o momento de morte pelos autores, que estavam com um revólver.

No domingo (29), Aguinaldo Ricaldi Sanches, de 19 anos, vulgo ‘Alemão’ morreu depois de uma troca de tiros com policiais do Batalhão de Choque, em Campo Grande, no Jardim Noroeste. Os policiais flagraram uma motocicleta, com a placa dobrada, que seria produto de roubo no interior da residência, na Rua Das Perdizes.

Na troca de tiros, Aguinaldo foi ferido no tórax sendo levado para a Santa Casa da Capital, onde morreu. Na residência, foram localizadas cocaína e maconha. A arma usada por ‘Alemão’ e a motocicleta, que foi roubada no dia 26 de janeiro, foram levadas para a delegacia de polícia.

Já em Goiás, três sul-mato-grossenses foram mortos em uma troca de tiros com a Polícia Militar goiana, quando foram flagrados transportando cerca de duas toneladas de maconha em três carros. O Serviço de Inteligência foi informado sobre os veículos, uma F350, uma Parati e um Gol, que trafegavam pela BR-060 em direção a Goiânia.

Os militares tentaram fazer abordagem, quando os motoristas iniciaram fuga. Foi feito acompanhamento tático e, segundo a polícia, um dos motoristas tentou jogar o veículo em cima da viatura várias vezes. Os policiais atiraram nos pneus da F350, que parou, quando os ocupantes teriam saído do carro e atirado contra os militares, que revidaram. Um dos homens foi atingido e os outros fugiram pelo matagal. Ele foi levado até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

MIDIAMAX
APP GRUPO CAPITANBADO
PUBLICIDAD:

Baixe Agora! Grupo CAPITANBADO.COM lança seu App de notícias!!
O GRUPO CAPITANBADO.COM inicia
Baixe o App agora mesmo! Leia e navegue com rapidez pelas notícias do grupo CapitanBado.Com
CLICK AQUI E FIQUE CONECTADO 24 HORAS. http://www.grupocapitanbado.com/apps

Comentarios

Más popular

Arriba