Brasil

Erosão “engole” Rodovia MS-180 entre Iguatemi e Juti

Além do transbordo e os danos causados na barragem da antiga Usina Piraí, os cerca de 260 milímetros de chuva que caíram entre domingo (8) e segunda-feira, dia 9 de maio, na região, também provocou grandes estragos na Rodovia MS-180 que liga Iguatemi a BR-163, na região de Juti.
PUBLICIDADE:
LILIAN

O grande volume de água fez com que uma erosão que se formou às margens da rodovia estadual, avançasse em direção a pista na altura do quilômetro 75.
A alegação para a situação é que a rodovia, naquele momento recém pavimentada, teria recebido tráfego intenso de veículos em período de chuvas no final do ano passado devido o bloqueio da Rodovia BR-163 entre Itaquiraí e Eldorado devido ao rompimento de um aterro.

Fonte: A Gazeta News
Vídeo feito por transeuntes que passaram pelo local na manhã dessa terça-feira, dia 10 de maio, bem como fotos divulgadas pela Defesa Civil do município de Iguatemi mostra que a erosão literalmente engoliu parte do asfalto e da rodovia.

Nesta terça-feira equipes da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimento) se deslocaram para o local para realizar levantamentos visando adotar medidas em relação ao reparo dos danos e ao trânsito no local.
PUBLICIDADE:
1argamasa grudabem

Além do incidente na Rodovia MS-180, a força das águas da chuva também abriu uma cratera e rompeu uma estrada na Rodovia MS-386 que liga Iguatemi a Amambai, na região conhecida como “Ponta do Touro”.

A rodovia estadual que é de terra, da acesso a diversas propriedades rurais e é considerada de fundamental importância para o agronegócio da região.

Outro desmoronamento provocado pelas chuvas entre as cidades de Eldorado e Mundo Novo deixou a BR-163 em meia pista nesta terça-feira.
PUBLICIDADE:
banner-anuncie

Barragem no Piraí

Em relação à barragem da antiga Usina Piraí, no Rio Piraí, que transbordou e no final da tarde dessa segunda-feira (9) chegava a colocar em risco a segurança na Rodovia MS-295, trecho que compõe a chamada “Guaira-Porã”, entre Iguatemi e Eldorado, com a trégua da chuva nessa terça-feira, o volume de água acabou diminuindo a vasão.

Com isso, segundo a Defesa Civil de Iguatemi, o risco de provocar danos na rodovia estadual que é considerada de fundamental importância para toda a região, foi afastado, mas a força da água acabou provocando sérios danos nas bordas da barragem da usina que foi construída no ano de 1968, chegou a fornecer energia para a cidade de Iguatemi e hoje faz parte do patrimônio histórico do município de 15,6 mil habitantes.
PUBLICIDADE:
20160505191931

Antes do rompimento com o temporal desse início de semana, a barragem da antiga usina hidrelétrica formava o lago da área de lazer “Balneário Piraí”. O local deverá ser recuperado pela Prefeitura futuramente.
f45d205250980c893d4216acdd22a77f

e157007d9bb55fa80081711e5755f3f1

a8472a67e8df9e97e131a90a9369218c

7654406014e9a1a68558a0ef57869048

3352354a3e5533f05d2d6201f7b161a3

7839f3761f4b577c80210c63841cfbc7

604ef23c7dcedc1291ff6a25b20f1822
MS-180 já apresentava pontos críticos

Com a pavimentação concluída no final do ano passado, mas que nem chegou a ser inaugurada, o desmoronamento registrado nesse início de semana na MS-180 é apenas mais um dos problemas estruturais registrados ao longo dos cerca de 94 quilômetros da rodovia estadual.

Um vídeo repassado por um usuário da via à reportagem do A Gazetanews mostra trechos da rodovia estadual onde o asfalto recém construído praticamente já desapareceu.

PARAGUAY DIGITAL
PUBLICIDADE:
download
WWW.PARAGUAYDIGITAL.COM
FM PARAGUAY DIGITAL – 24 HORAS DE MUSICA PARAGUAYA.

Comentarios

Más popular

Arriba