Brasil

Engenheira morre por complicações depois de cirurgia bariátrica

Vítima teve infecção causada por grampo que se rompeu em Três Lagoas

Engenheira de Segurança do Trabalho, Vivian Teixeira Bogamil, de 34 anos, morreu por conta de complicações de uma cirurgia bariátrica, na manhã de hoje em Três Lagoas. Cirurgia foi realizada há quase um mês em Campo Grande e vítima estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde ontem.

De acordo com o site Hoje Mais, vítima teve infecção por conta de um grampo que se rompeu. Ontem de manhã, engenheira passou mal e foi até a UPA do município, onde foi atendida e encaminhada ao Hospital Auxiliadora, por conta da gravidade do caso.

No hospital, ela informou aos médicos que realizou cirurgia em Campo Grande há 26 dias e, depois de atendimento, foi transferida para o Hospital Cassems, onde morreu pouco depois de dar entrada na UTI.

Amiga da vítima, que preferiu não ser identificada, disse ao Hoje Mais que a mulher sempre teve vontade de emagrecer e depois de pesquisas, decidiu fazer a cirurgia. Cerca de 15 dias depois da operação, ela começou a ter complicações.CORREIO DO ESTADO
PUBLICIDADE:
art forma 1

Comentarios

Más popular

Arriba